Perfil:
Luís Augusto


Arquivos:

Amigos (0)::



27/06/2015 às 16:55

A PÁSCOA
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Mateus 26:17-30; Hebreus 9:22; João 11:24-25.

No primeiro dia da festa dos pães sem fermento que fazia parte das comemorações da páscoa dos judeus.

Naquela ocasião cada família sacrificou um cordeiro e passou o seu sangue no batente da porta.

Enquanto os israelitas comiam o cordeiro assado dentro da casa, o anjo do Senhor passou sobre o Egito, trazendo o último dos dez juízos de Deus contra o Egito, a morte dos primogênitos.

As casas que estavam assinaladas com o sangue no batente das portas foram poupadas. Porque? Porque, o sangue indicava que ali um cordeiro já tinha morrido no lugar do primogênito.

O significado da palavra "páscoa" é "passar por cima". Hoje, quando Deus olha para a humanidade, Ele vê duas classes de pessoas: os pecadores salvos, que foram assinalados pelo sangue do CORDEIRO DE DEUS JESUS João 1:29; João 1:35-36, quando creram no Salvador, e aqueles que ainda não creram. Ou seja, aqueles que ainda estão sujeitos ao juízo reservado aos pecadores que não foram salvos por Cristo.

No Antigo Testamento muitas coisas são símbolos de Cristo, e a páscoa é um deles. O Cordeiro de Deus Jesus já foi morto no lugar do pecador, e agora o seu sangue está disponível para deletar, para assinalar, para salvar todo aquele que crer em Jesus como Salvador.

A carta aos Hebreus 9:22 o apóstolo Paulo diz que: "sem derramamento de sangue, não há remissão ou [ retirada ] de pecados. Hoje você só tem UM MEIO de escapar do juízo eterno: o sangue do Cordeiro de Deus Jesus.

Se você ler ou ouvir qualquer mensagem chamada de evangelho que não fale do SANGUE de Jesus o Cordeiro de Deus como ÚNICO MEIO DE SALVAÇÃO, não é o evangelho que você encontra na Bíblia.

Qualquer mensagem que fale de salvação baseada em caridades, boas obras, exclui o sangue do Cordeiro de Deus Jesus.

O que Deus vê em você, seus pecados ou o sangue de Jesus o Cordeiro de Deus?

 



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!