Perfil:
Luís Augusto


Arquivos:

Amigos (0)::



20/03/2015 às 18:49

QUEM VOCÊS DIZEM QUE EU SOU?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE
Evangelho de Lucas 9:18-20.

Postado por Luís Augusto

"Certa vez Jesus estava orando em particular, e com ele estavam os seus discípulos; então lhes perguntou: "Quem as multidões dizem que eu sou?" Eles responderam: "Alguns dizem que és João Batista; outros, Elias; e, ainda outros, que és um dos profetas do passado que ressuscitou." 'E vocês, o que dizem?', perguntou. 'Quem vocês dizem que eu sou?' Perguntou Jesus aos discipulos, (Lucas 9:20).

Hoje Jesus faz a mesma pergunta a cada coração: "Quem vocês dizem que eu sou?" Jesus pergunta à você (Lucas 9:20). As respostas são as mais diversas. Alguns dirão que é Elias reencarnado, sem nunca terem reparado que o profeta Elias não passou pela morte, mas foi arrebatado ao céu (2 Reis 2:11). No evangelho de Mateus veremos que Jesus conversa com Elias e Moisés, quando se transfigura diante dos olhos de seus discípulos (Mateus 17:2-3). Se ele fosse a reencarnação de Elias não poderia ter conversado consigo mesmo.

Alguns piedosamente afirmam ter sido ele um grande homem, um mestre elevado que veio trazer mensagens valiosas para nossa evolução espiritual. Será? Achar que com uma opinião assim você está elogiando Jesus é como querer elogiar Albert Einstein por saber tabuada. Considerar Jesus menos que divino é uma ofensa a Deus.

Os muçulmanos dizem que Jesus é apenas mais um dos profetas de Deus e os judeus negam que ele seja o Messias prometido. Existe ainda uma "miríade de seitas e religiões" cujos fundadores afirmam ser a mais recente manifestação de Jesus. Só na Internet é possível encontrar mais de trinta ou quarenta deles, sem contar os que estão em instituições para doentes mentais, o que poderia ser considerado o maior caso de roubo de identidade da história.

Por que tanta gente quer se passar por Jesus? Por outro lado, por que tantos têm tamanha aversão e ódio por este nome? E por que milhares amaram tanto este mesmo nome ao ponto de morrerem por ele? Deve existir algo de muito especial nessa pessoa. Então quem é realmente Jesus? Um bom lugar para começarmos a pesquisar é a própria Bíblia, iniciando pelo Antigo Testamento que terminou de ser escrito 450 anos antes de Jesus nascer.

Ali encontramos profecias que falam dele, e se você tiver um conhecimento mínimo dos evangelhos verá que seria humanamente impossível alguém preencher todas as expectativas dos profetas por mera coincidência. A probabilidade de uma mesma pessoa se encaixar em apenas 8 das mais de 300 profecias do Antigo Testamento que falavam do Messias é de uma em cem quatrilhões. E quais seriam as chances de alguém cumprir 48 dessas profecias? Pense no número dez seguido de 157 zeros. E Jesus não se encaixa em apenas 48 profecias, mas em mais de trezentas!

Antes de dar sua opinião sobre quem é Jesus, é bom verificar se ele preenche as credenciais previstas pelos profetas do Antigo Testamento. Miquéias previu que Jesus nasceria em Belém de Judá (Miquéias 5:2), o profeta Isaías avisou que isso seria pela concepção de uma virgem (Isaías 7:14).

O profeta Jeremias escreveu que crianças seriam mortas por ocasião de seu nascimento, e foi o que o Rei Herodes mandou fazer quando soube que o rei prometido a Israel havia nascido (Mateus 2:16). A perseguição fez com que José e Maria fugissem com o menino Jesus para o Egito (Mateus 2:16-19), o que também havia sido previsto pelo profeta (Oséias 11:1). Segundo o profeta Isaías, a região de seu ministério seria a Galileia ao longo do Rio Jordão, e ele seria rejeitado pelo povo judeu, como foi. (Mateus 4:12-25).

Zacarias anunciou com séculos de antecedência a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém (Zacarias 9:9), e o profeta Daniel especificou até mesmo a época em que isso aconteceria, uma semana antes de ser crucificado (Daniel 9:27). Com mil anos de antecedência Davi previu que o Messias seria traído por um de seus amigos (Salmo 41:9) e Zacarias confirmou, indicando que o traidor receberia trinta moedas de prata que seriam depois lançadas no Templo e usadas para comprar o campo de um oleiro.
(Zacarias 11:12)-(Lucas 22:3-6)-(Marcos 14:10-11) -(Mateus 26:15)-(Mateus 26:20-24)-(Mateus 27:3-7).

Isaías escreveu, com setecentos anos de antecedência, que o Messias permaneceria mudo diante de seus acusadores e que seu sofrimento e morte seriam para pagar pela culpa de outros, eu e você.

Ele diz assim: "Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.
Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca." (Isaías 53:5-7).

O mesmo profeta Isaias, indicou que ele morreria entre malfeitores. (Mateus 27:38) diz: "E foram crucificados com ele dois salteadores, um à direita, e outro à esquerda."
E Davi, no Salmo 22, previu que ele seria crucificado, com as mãos e os pés atravessados por grandes pregos (Salmos 22:16).

Os Salmos acrescentavam que o crucificado seria insultado e que em sua sede lhe dariam vinagre diz assim: "Todos os que me vêem zombam de mim," (Salmos 22:7).
O evangelho de João 19:28-29 diz que: "Depois, sabendo Jesus que já todas as coisas estavam terminadas, para que a Escritura se cumprisse, disse: Tenho sede.
Estava, pois, ali um vaso cheio de vinagre. E encheram de vinagre uma esponja, e, pondo-a num hissope, lha chegaram à boca."
Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água."
(João 19:34).

Seu corpo morto seria furado por uma lança (João 19:34). Davi acrescentou que suas vestes seriam sorteadas entre seus carrascos. Porém nenhum osso seria quebrado, nem o das pernas ao contrário do que era comum na crucificação, quando as pernas dos condenados eram quebradas para acelerar a morte (Salmos 22:17-18)-((João 19:33). Os profetas previram, além da morte, a ressurreição e ascensão de Jesus ao céu, mas isso só foi visto por um pequeno grupo de pessoas, os discípulos de Jesus (Atos 1:7-11). Sim, existem coisas que você só conseguirá enxergar se for discípulo de Cristo, um círculo no qual se entra unicamente pela fé, não pela razão.

Assim foi que, quando Jesus perguntou aos seus discípulos "Quem vocês dizem que eu sou?" (Lucas 9:20), o evangelho de Mateus mostra que a resposta de Pedro, de que Jesus era o Cristo, o Messias prometido, não veio dele próprio, mas de uma revelação direta de Deus: "Feliz é você, Simão, filho de Jonas! Porque isto não lhe foi revelado por carne ou sangue, mas por meu Pai que está nos céus" (Mateus 16:17).

E para você, quem é Jesus?

 



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!