Perfil:
Luís Augusto


Arquivos:

Amigos (0)::



05/01/2015 às 17:15

FAZER ORAÇÕES PARA EXPULSAR DEMÔNIOS OU NÃO?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE
Postado por Luís Augusto

Não, o diabo não sabe o que pensamos, mas sabe o que falamos. Não sei se é impressão minha mas enfim...  me parece que você está com uma excessiva preocupação com Satanás... o que poderá ser um tropeço para sua vida cristã.

Evidentemente estamos em luta constante contra ele que é nosso inimigo, porém esta luta se dá nos lugares celestiais, onde chegamos em oração. Nossas armas não são carnais, mas poderosas em Deus, portanto, embora devemos estar sempre alertas, não devemos nos ocupar com o mal.

Preocupar‑se com o mal é tão ruim quanto estar envolvido no mal. Devemos nos manter olhando para o Senhor, bebendo da Sua Palavra, ocupando o nosso pensamento com as coisas que são de cima onde Cristo está, ou seja, no Céu. Assim seremos vitoriosos e daremos um testemunho de que a vida cristã é uma vida ocupada com Cristo e não com o diabo. Mas vamos a questão do expulsar demônios com orações que você me perguntou. Expulsar demônios é um dom ou é só usar o nome de Jesus?


Em Mateus 10:1 diz: "E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal".


A primeira observação que devemos fazer aqui é que Jesus deu aos discípulos o poder sobre os demônios junto com o poder para curar toda enfermidade e todo o mal Mateus 10:2-8. Observe que esse poder foi dado por Jesus apenas aos doze discípulos, sabemos que Jesus tinha muitos discípulos porem nesse texto Ele deu poder aos doze somente.


Então podemos entender que qualquer outro discípulo que não fosse um dos doze que quisesse fazer uso do poder não poderia porque não o recebeu de Jesus, vemos nesse texto que a utilização do poder ficou limitado aos que receberam diretamente de Jesus a autorização para usá-lo.

Em  Marcos 3:15 diz: "E para que tivessem o poder de curar as enfermidades e expulsar os demônios":


Em Lucas 9:1 diz: "E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes virtude e poder sobre todos os demônios, para curarem enfermidades".


Aqui também vemos que o poder de expulsar demônios foi dado junto com o de curar enfermidades por Jesus apenas aos doze. Outro texto que trata do assunto está em Lucas 10:17- 19: que diz: "E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam.
E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu.
Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum".


Nesse texto vemos que no versículo 19 Jesus disse que deu o poder necessário para pisar serpentes e escorpiões fazendo alusão aos demônios, e da a garantia de que não receberão contra ataque algum, vemos aqui novamente que o poder foi novamente dado por Jesus agora nessa passagem a setenta discípulos, porem; nessa passagem os discípulos dizem que pelo nome de Jesus é que os demônios saem.

Em Atos 16:16-18 diz: "E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao encontro uma jovem, que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. Esta, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo. E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E na mesma hora saiu".


Repare que nesse texto não vemos a menina pedindo para o apóstolo Paulo que orasse por ela para que fosse liberta, nem vemos ninguém pedindo isso, vemos que Paulo perturbado pelo incomodo do espírito que clamava em alta voz que eles eram servos do Deus altíssimo ordenou ao espírito imundo que saísse e ele saiu na mesma hora, primeira lição que tiramos daqui é que não é necessário que a pessoa queira a libertação do espírito imundo basta que o homem de Deus ordene e o espírito sairá, então vemos quanto o nome de Jesus é Poderoso.


Mateus 17:15:21 diz: "Senhor, tem misericórdia de meu filho, que é lunático e sofre muito; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água;
E trouxe-o aos teus discípulos; e não puderam curá-lo.
E Jesus, respondendo, disse: Ó geração incrédula e perversa! até quando estarei eu convosco, e até quando vos sofrerei? Trazeimo aqui.
E, repreendeu Jesus o demônio, que saiu dele, e desde aquela hora o menino sarou. Então os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, disseram: Por que não pudemos nós expulsá-lo?
E Jesus lhes disse: Por causa de vossa incredulidade; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível. Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum".


Uma observação aqui: o que é o jejum na Bíblia? É a abstinência de algo, alguns exemplos: oração, comunhão com o Senhor, meditando na Palavra de Deus sobre o que ela ensina, esses são alguns exemplos.


Neste texto de Mateus 17,  vemos claramente que o que impediu os discípulos de expulsar o demônio foi a pouca fé, e  incredulidade com relação a Jesus ter dito que aquela casta não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.


Paulo diz em 1 Coríntios 12: 4 e 11: "Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer".


"Paulo fala aqui dos dons espirituais repartindo particularmente a cada um como quer".

Juntando a passagem de 1 Coríntios12 com a de Mateus17 entendo que o que faltou aos discípulos foi a fé necessária para crer que o demônio sairia pelo nome de Jesus. 1 Em Coríntios12 vemos que os dons são repartidos pelo próprio Espírito, também vemos que nem todos os cristãos possuem os mesmos dons, mas o Senhor é quem reparte a cada um Segundo a VONTADE DELE.


Da mesma maneira o Senhor da os dons a cada um segundo a VONTADE DELE, para levar as boas novas que significa boa notícia a outras pessoas que ainda não tem o Salvador em suas vidas etc.

Mas então o que devemos fazer sobre a questão do orar para expulsar demônios? O apóstolo Paulo responde a nossa pergunta dizendo em
1 Coríntios  12:31: "Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente".


Devemos procurar com zelo os os melhores dons. Em 1 Coríntios  12:31  temos a recomendação do apóstolo Paulo de procurarmos os melhores dons, mas devemos lembrar que os dons são para a edificação da igreja.


Esses "pastores" que você vê por aí "muitos deles não passam de praticantes de iniquidade, onde eles não querem nada com Jesus, mas estão preocupados em saber o que o diabo tem a dizer, e é exatamente através disso que eles levantam sua bandeira levando muitas pessoas ao engano, para atrair discípulos e extorquir dinheiro das pessoas".


Se for assim a cada pessoa que vermos por aí doentes ou com algum problema, isso são demônios? Não. Lembre-se, nós temos uma natureza pecaminosa herdada de Adão e Eva, e não tem como melhorar e nem mudar isso, mas podemos orar ao Senhor pela cura dela se assim for da Vontade dEle, se isso não acontecer, será através de médicos, ou Deus pode ter outros planos para a nossa vida, segundo a VONTADE DELE.


O evangelho de João 10:12-13 diz: "Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas".


Recapitulando aqui: me parece que você está com uma excessiva preocupação com Satanás...  o que poderá ser um tropeço para sua vida cristã. Evidentemente estamos em luta constante contra ele que é nosso inimigo, porém esta luta se dá nos lugares celestiais, onde chegamos em oração. Nossas armas não são carnais, mas poderosas em Deus, portanto, embora devemos estar sempre alertas, não devemos nos ocupar com o mal.

Preocupar‑se com o mal é tão ruim quanto estar envolvido no mal. Devemos nos manter olhando para o Senhor, bebendo da Sua Palavra, ocupando o nosso pensamento com as coisas que são de cima onde Cristo está, ou seja, no Céu. Assim seremos vitoriosos e daremos um testemunho de que a vida cristã é uma vida ocupada com Cristo e não com o diabo.



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!