Perfil:
Luís Augusto


Arquivos:

Amigos (0)::



20/12/2014 às 20:30

O BATISMO NAS ÁGUAS
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE
Postado por Luís Augusto

"Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado."
(Marcos 16:16).

É importante que a pessoa creia mas para que a pessoa creia, ela precisa ter uma base. Agora isto não pode acontecer com uma criança recém nascida, um bebezinho. Primeiro porque ele não pode ser ensinado, segundo, ele não tem capacidade para crer e não pode decidir entre o que é certo ou errado. De acordo com a Bíblia, uma criança deve ser apresentada a Deus. Já um adulto deve ser ensinado e se ele crer e for batizado, será salvo; mas se não crer será condenado.

O apóstolo Paulo diz na carta aos Romanos 6:3-4: "Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida."

O batismo significa três coisas: morte, sepultamento e ressurreição. É o que aconteceu com Jesus na cruz, Ele morreu, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. Isto está em 1 Coríntios 15 versos 3 e 4, o evangelho de João 6:40 diz: "Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia".

Todo aquele que vê o Pai e crê nele, tem a vida eterna. Tudo que você precisa fazer é crer no Senhor Jesus para ser salvo. Marcos 16:16 ensina um crer pratico, não teórico. A Bíblia sempre ensina que existe o verdadeiro mas também o falso. Assim como existe o batismo verdadeiro, existe o batismo falso, como no catolicismo e outras "igrejas" por ai.

Existe o DVD verdadeiro, mas também existe o falso o pirata. Existe uma nota de cem reais verdadeira, mas também existe a falsa. Assim como existe o verdadeiro batismo como a Bíblia ensina, também existe o falso batismo inventado pelos homens.  Marcos 16:16 diz que uma pessoa primeiro precisa crer antes de ser batizada. Uma criança de 8 meses de idade por exemplo depois de nascida, não pode  decidir, ela não pode crer, ela não tem consciência da vida, se ela não tem  consciência da vida, não pode ser batizada, pois ela nem sabe o significado do batismo nas águas.

Mateus 28:19-20 diz: "Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém".

Uma pessoa antes de ser batizada, precisa ter consciência do que é o batismo nas águas. Uma criança, um bebezinho não tem consciência do que é o batismo, ele não pode ser ensinado, portanto ele não pode ser batizado de acordo com a Bíblia. O batismo nas águas é uma decisão consciente de fé pessoal, é semelhante ao casamento, quando a pessoa renuncia à sua vida de solteira e "morre" para sua própria vontade, para a vida livre que tinha; "morre" para o mundo e é sepultada na união matrimonial.

O casal homem e mulher, passa a viver exclusivamente em função um do outro... A mulher por exemplo, renuncia sua vida na casa dos pais, por amor ao marido. O batismo é a renuncia de tudo por causa da fé em Jesus, nele há o sepultamento da própria vontade, em  função da vontade de Deus. Renuncia-se à  liberdade para se tornar servo do Senhor Jesus.

Alguns argumentam usando a passagem equivocadamente de (Atos 16:33)  que o apóstolo Paulo batizou o carcereiro  por aspersão, por que imaginam não ter tido água suficiente na prisão para batizá-lo por imersão. Teria Paulo mudado a forma de batismo Ordenada por Jesus? Com certeza não. O livro de  Provérbios 30:5-6 diz: "Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele".

Provérbios 30:5-6  afirma que o ser humano não tem autoridade para mudar aquilo que Deus estabeleceu em Sua Palavra. Além disso, ninguém pode querer ter a pretensão de corrigir Jesus, pois Ele é o Senhor.

A palavra "batismo" que aparece em (Atos 16:33) vem do termo grego baptizo e significa "mergulhar repentinamente". Portanto, isso indica que no cárcere onde Paulo batizou o carcereiro (Atos 16:33) havia uma fonte ou uma cisterna (reservatório de água, poço cavado na terra e forrado com pedras, comum em cárceres), onde facilmente poderia realizar o batismo nas águas por imersão.

Mateus 3:6 "E eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados".

João 3:23 "Ora, João batizava também em Enom, junto a Salim, porque havia ali muitas águas; e vinham ali, e eram batizados".

Se o batismo Bíblico fosse por aspersão como alguns fazem por ai, não haveria necessidade de João Batista batizar somente onde "havia muitas águas" e dos discípulos batizarem no rio Jordão (Mateus 3:6)-(João 3:23).

Esse assunto vai longe, mas resumindo aqui, o verdadeiro batismo é por mergulho e não com um pouquinho de água na cabeça como alguns fazem por ai. O verdadeiro batismo, não é por aspersão, mas é por imersão dentro da água.

 



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!