Perfil:
Luís Augusto


Arquivos:

Amigos (0)::



17/11/2014 às 19:39

COMO SUPERAR A ANSIEDADE E O MEDO?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE


Postado por Luís Augusto


A carta aos Filipenses 4:2-7 diz: "Rogo a Evódia, e rogo a Síntique, que sintam o mesmo no Senhor. E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os meus outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida. Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Seja a vossa eqüidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor. Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus".

A chave para a ansiedade está em 2 Crônicas capítulo 20 versos 3 e 12 onde diz: "Então Jeosafá temeu, e pôs-se a buscar o Senhor, e apregoou jejum em todo o Judá". "Ah! nosso Deus, porventura não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti".

Repare que o texto diz que todos nós estamos sujeitos a momentos de ansiedade e medo e, como o rei Jeosafá, precisamos aprender a colocar sempre os nossos olhos no Senhor.

Mesmo depois de ter crido em Cristo como Salvador, e com Ele o perdão de todos os pecados (1João 1:7), continuamos vulneráveis em nossos sentimentos e emoções. Mas já somos novas criaturas.
Em 2 Coríntios 5:17 diz: "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo".

O texto diz que "as coisas velhas já passaram; e que tudo se fez novo".
Mas a nossa velha natureza ainda é suscetível às circunstâncias em nosso dia a dia. Sendo assim, não é anormal ficarmos ansiosos, com medo, desanimados e abatidos. O apóstolo Paulo experimentou tais sentimentos em sua vida cristã.

Em 2 Coríntios 6:4-10 diz: "Antes, como ministros de Deus, tornando-nos recomendáveis em tudo; na muita paciência, nas aflições, nas necessidades, nas angústias, Nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos jejuns, Na pureza, na ciência, na longanimidade, na benignidade, no Espírito Santo, no amor não fingido, Na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça, à direita e à esquerda, Por honra e por desonra, por infâmia e por boa fama; como enganadores, e sendo verdadeiros; Como desconhecidos, mas sendo bem conhecidos; como morrendo, e eis que vivemos; como castigados, e não mortos; Como contristados, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, e possuindo tudo".

2 Coríntios 7:5-6 diz: "Porque, mesmo quando chegamos à macedônia, a nossa carne não teve repouso algum; antes em tudo fomos atribulados: por fora combates, temores por dentro. Mas Deus, que consola os abatidos, nos consolou com a vinda de Tito".

Mesmo o Senhor Jesus, quando esteve neste mundo, revelou a nós a tristeza do Seu coração. Em Marcos 14:34: diz: "E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui, e vigiai".

Mas esta tristeza não provém de uma velha natureza no caso de Jesus e nem havia vulnerabilidade nEle.

Qual de nós não se sente ansioso e com medo diante de uma enfermidade, do desemprego, de uma crise familiar, da violência que nos cerca, dos desafios do dia a dia etc.

Quando estiver ansioso, vá ao Senhor, duas passagens para você meditar.

1 Pedro 5:7: "Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós".

Provérbios 12:25 "A ansiedade no coração deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra".



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!