Perfil:
Luís Augusto


Arquivos:

Amigos (0)::



27/10/2014 às 20:54

O ADVENTISMO  E  ELLEN G. WHITE
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE.

Postado por Luís Augusto

O adventismo adotou Ellen White como profetisa, que alegava ter visões e receber revelações. O adventismo atual continua a mesma coisa é baseado nos ensinos e visões da senhora Ellen White e a Palavra de Deus nos dá razões suficientes para não darmos crédito a esses ensinos.

"As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei."
(1 Coríntios 14:34).

"A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição.
Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.
Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva.
E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão."
(1 Timóteo 2:11-14).

Se Ellen White se considerasse realmente espiritual, ela teria reconhecido este mandamento do Senhor: que as mulheres não devem ensinar e devem permanecer caladas nas reuniões da igreja. Não considero a mulher inferior ao homem mas esta, é uma ordem que o próprio Deus estabeleceu.
Apocalipse 2:20: "Mas algumas poucas coisas tenho contra ti que deixas Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que forniquem e comam dos sacrifícios da idolatria".

Jezabel esposa de Acabe rei de Israel, tinha um espírito inquieto e jamais se submeteu ao seu marido. Ela não obedecia às leis era ambiciosa em querer ter domínio, que abrangia toda nação de Israel. Acabe era o rei, mas quem reinava era Jezabel.

Em Eclesiastes 7:26 diz: "E eu achei uma coisa mais amarga do que a morte, a mulher cujo coração são redes e laços, e cujas mãos são ataduras; quem for bom diante de Deus escapará dela, mas o pecador virá a ser preso por ela".

Em 1 Coríntios 14:37 diz: "Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor".
 



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!