Perfil:
Luís Augusto


Arquivos:

Amigos (0)::



27/10/2014 às 20:18

O CRISTÃO E A POLÍTICA VOTAR OU NÃO VOTAR?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE.

Postado por Luís Augusto

A menos que você tenha nascido pela fé em Jesus... não vai entender o que vou escrever aqui. Porque? Em1 Coríntios 2:13-15 diz:"As quais também falamos, não com palavras que a sabedoria humana ensina, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido".

O cristão não é alguém que vai atrás de "boas propostas" ou segue pessoas que apenas prometem coisas muito interessantes. O apóstolo Paulo escreveu em 2Timóteo 3:16-17: "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra".

O cristão analisa tudo e aos olhos das Escrituras. Em outras palavras, o cristão sempre busca a Bíblia para saber se o que está fazendo ou fará é para a glória de Deus. Paulo também escreveu em 1 Coríntios 10:31 "Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus".

Deste modo, o cristão já tem a primeira regra para filtrar qualquer candidato, ele também precisa estar desejando glorificar ao Senhor. Outro filtro pode ser retirado do Salmos 1:1 que diz: "Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores".

A Palavra de Deus é clara em afirmar que feliz é o homem que não anda segundo o conselho de pessoas que não se submetem à Palavra (os ímpios). Este andar do Salmista não é literal, como se estivesse proibindo o povo de andar pelas ruas, mas sim de conscientemente estar junto no caminho dos que não seguem os desígnios de Deus.

O Salmista também diz que o cristão não deixa de continuar seu caminho para se deter no andar dos pecadores. Afirma ainda que o cristão sequer se assenta no meio daqueles que escarnecem do evangelho e, portanto, não glorificam ao Senhor com o que fazem em suas vidas. Em 1Coríntios 10:31, o cristão não deve votar em ninguém a Bíblia é bem clara sobre isso.

"Muitos governos Brasil por exemplo, obrigam seus súditos a transgredirem as Leis Divinas. Não é só com incrédulos, mas "cristãos entre" aspas e políticos, estão de olho mesmo é no que eles vão ganhar, lucrar, assim como os falsos pregadores que tem por aí, lobos devoradores, e por detrás da política também tem esses picaretas".

Os cristãos devem seguir o que está em Atos 5:29 que diz: "Mais importa obedecer a Deus do que aos homens". O profeta Jeremias 17:5 diz: "Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor"!
O próprio Jesus afirmou claramente que o Seu Reino não é deste mundo, e que os seus "ministros" não empunham bandeiras políticas. O evangelho de João 18:36 diz: "Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui".

A carta aos Filipenses 3:20 diz: "Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,"
Em Hebreus 13:14 diz: "Porque não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a futura".
Paulo diz em 1 Timóteo 2:1-4: "Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade".

A Bíblia apenas nos diz para orar pelas autoridades, e não votar nelas. Em Provérbios 29:2 diz: "Quando o governo é justo, o país tem segurança; mas, quando o governo cobra impostos demais, a nação acaba na desgraça".
O cristão não deve se envolver com a política Filipenses 3:20.

O crente simplesmente não é daqui. Seu destino, seus investimentos não são para esta vida. O seu patrimônio mais valioso não está aqui, seus planos são projetados para a eternidade. Não é que o crente seja da terra até o dia que morrer e depois passará a ser um cidadão do céu, ele já é um cidadão do céu. A pátria do crente não está em Brasília e nem em candidatos.

O apóstolo Paulo não diz: "mas a nossa pátria está em Brasília ou está em candidatos esse ou aquele. Mas ele diz que: a nossa cidade está nos céus, e Paulo continua dizendo: de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo".
Muitos dizem que a voz do povo é a voz de Deus, será? A dois mil anos atrás, a voz do povo foi unânime em votar em Barrábas e condenar o Filho de Deus o Senhor Jesus a morte Mateus 27:16-23. Hoje essa mesma voz continua condenando Jesus e votando em políticos ladrões.

A vontade de Deus é sobre tudo e todos. Mateus 6:33: "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas". Os planos e propósitos de Deus são fixos, e a Sua vontade é inviolável. Ele realizará a Sua vontade, a qual nenhum governo pode contrariar.

Em Daniel 4:34-35 diz: "Mas ao fim daqueles dias eu, Nabucodonosor, levantei os meus olhos ao céu, e tornou-me a vir o entendimento, e eu bendisse o Altíssimo, e louvei e glorifiquei ao que vive para sempre, cujo domínio é um domínio sempiterno, e cujo reino é de geração em geração. E todos os moradores da terra são reputados em nada, e segundo a sua vontade ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem possa estorvar a sua mão, e lhe diga: Que fazes"?

Na verdade, é o Senhor quem "remove reis e estabelece reis" em Daniel 2:21 diz: "E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos. Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz".

O Senhor tem domínio sobre tudo e o dá a quem Ele quer. Em Daniel 4:17 diz: "Esta sentença é por decreto dos vigias, e esta ordem por mandado dos santos, a fim de que conheçam os viventes que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens, e o dá a quem quer, e até ao mais humilde dos homens constitui sobre ele".

Um entendimento claro desta verdade vai nos ajudar a ver que a política é apenas um método que Deus usa para realizar a Sua vontade. Apesar de homens maus abusarem do seu "poder político" por terem uma intenção perversa, Deus usa para o bem, trabalhando "para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito".

É o que diz a carta aos Romanos 8:28: "E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito".

É bom entendermos também de que o governo não pode nos salvar! Só o Senhor Pode. Nunca lemos na Bíblia sobre Jesus ou qualquer um dos apóstolos gastando tempo em ensinar os crentes a reformar o mundo com política, ou pagãos e suas práticas idólatras, imorais e corruptas através do governo.

Não há dúvida de que a nossa responsabilidade ao governo é obedecer às leis, não como cidadãos deste mundo, porque não somos daqui. Mas porque foram estabelecidas e enquanto estivermos aqui devemos entendo eu cumpri-las, não se trata de votar em candidatos ou partido esse ou aquele, porque a Bíblia não ensina a votar em ninguém! Apenas obedecemos as leis que foram estabelecidas enquanto estivermos aqui, não podemos de maneira alguma sair por aí e fazer o que bem entendermos, pois se pudéssemos responderíamos perante as leis estabelecidas.

As entidades políticas não são o salvador do mundo. A Salvação de toda a humanidade não está no governo, partido, candidato esse ou aquele! Mas para todos os que creem no Senhor Jesus. Deus sabia que o mundo precisava de salvação muito antes de qualquer governo ter sido fundado João 3:16. Ele mostrou ao mundo que a redenção não poderia ser realizada através do "poder" do homem, sua força econômica, militar, política, etc.





 





 



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!