Perfil:
Luís Augusto


Arquivos:

Amigos (0)::

POSTS


28/11/2014 às 13:31

SERÁ QUE É ISSO QUE A PALAVRA DE DEUS ENSINA?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto

Você já reparou quanta coisa foi acrescentada nas reuniões cristãs pela desobediência do homem? Shows gospel, espetáculos que fazem com promessas de curas e milagres, peças teatrais, dançarinos, dançarinas, tem também cantores, cantoras, alguns são tão atrevidos que até usam letras de músicas dizendo que "anjos são salvadores" sendo que Jesus é o Único Salvador! 1 Timóteo 2:5.

"E os pregadores de mentirinha que tem por aí onde ganham muito dinheiro as custas das ovelhas"... bandas, a lista é imensa!!! "Tem pessoas que fazem as coisas como se Deus estivesse ao dispor deles, desses organizadores"... Mas aí vem uma pergunta: Será que é isso que a Palavra de Deus ensina?

Jesus disse em Mateus 18:20: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles".

Talvez você queira argumentar dizendo que não tem problema, que mesmo a Bíblia não ensinado isso é normal pode fazer... Bem, se você é uma dessas pessoas... então veja o que Jesus diz em Mateus 22:29: "Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus".

Mas talvez você queira argumentar mesmo assim... então veja o que Jesus diz novamente em Tiago 1:5: "E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá voluntariamente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada".

Acho que eu nem preciso dizer que é uma tremenda bobagem, essas coisas que fazem por aí, onde a Palavra de Deus a Bíblia, não ensina em lugar nenhum, não é mesmo?

 



Comentários




27/11/2014 às 18:58

"RELIGIOSOS RETOCADOS OU PECADORES PERDOADOS"?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto

"Você já reparou que tem religiões que adotam um monte de regras para você seguir"... como o que vestir, corte de cabelo, usar saia, guardar o sábado, e tantas outras coisas como uma "lei" a ser cumprida para a pessoa ser salva.

Nessas religiões a conversão pregada ali não é de uma mudança ou conversão interior, ou seja, do velho para o novo homem. É apenas uma conversão exterior, um modo de vida para outro apenas.

Em religiões assim que acham que conseguem cumprir todas as regras, "as pessoas se sentem corretas que nem os fariseus, e começam a apontar o dedo para quem não pertence à sua denominação ou religião quando não andam segundo as regras daquela denominação.

Só lembrando aqui que a Bíblia não ensina frequentar uma denominação ir a uma religião ou pertencer a um grupo de pessoas para ser salvo. Mateus 18:20; Mateus 11:28; mas ir a Jesus como Salvador, é isso que a Bíblia ensina.

O apóstolo Paulo diz em 2 Timóteo 4:3-4: "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;
E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas".

Esses que o apóstolo Paulo diz que "não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas".

Isso aí é mesma coisa que estar retocado como uma parede, que ainda precisa de acabamento, religiosos são assim...

E você, está na classe dos religiosos retocados ou na classe dos pecadores perdoados?

 



Comentários




26/11/2014 às 15:39

A guarda do sabado e' o sinal que identifica os salvos?

Texto tirado do blog O que respondi por Mario Persona

 

Você ficou confusa depois de ler um texto em um site que o cristão precisa do selo do Espírito Santo e do sinal da guarda do Sábado para ter a segurança da salvação. Ali o autor dá asas à imaginação e coloca a guarda do Sábado -- como "selo" e "sinal" -- em um patamar de importância acima do selo do Espírito Santo, com o qual é selado todo aquele que crê no Senhor Jesus.


Lá ele diz: "O Espírito Santo é um dos selos de Deus, mas não é o sinal de Deus... Enquanto que o Espírito Santo é o selo que identifica quem aceitou a Jesus como Salvador, o Sábado é o selo e sinal que identifica quem permanecerá fiel ao Salvador no desfecho final do conflito entre o bem e o mal".

Nem é preciso entrar em detalhes doutrinários para refutar o que o autor do texto afirma -- basta verificar a validade da fonte. Considerando que o Adventismo do Sétimo Dia (a religião à qual pertence a pessoa que escreveu isso) teve sua doutrina ensinada por uma mulher (Ellen G. White), o que a Bíblia proíbe, o melhor mesmo é descartar de vez o que ler vindo dessa fonte. Se o Espírito Santo de Deus ordenou que a mulher não ensine, por estar ela mais propensa ao engano, como você irá confiar em uma religião cujas doutrinas foram ensinadas por uma mulher?

1Tm 2:11-14 "A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão".

Além disso, se você prestar atenção nos textos que o autor citou para embasar sua teoria, verá que eles não foram endereçados à igreja, mas a Israel.

Êxo 31:13-14 "Tu, pois, fala aos filhos de Israel, dizendo: Certamente guardareis meus sábados; porquanto isso é um sinal entre mim e vós nas vossas gerações; para que saibais que eu sou o SENHOR, que vos santifica. Portanto guardareis o sábado, porque santo é para vós; aquele que o profanar certamente morrerá; porque qualquer que nele fizer alguma obra, aquela alma será eliminada do meio do seu povo" (o autor do texto omitiu o versículo 14 que transcrevo aqui para mostrar que a pena para a transgressão da guarda do sábado era a morte).

Êxo 31:17 "Entre mim e os filhos de Israel será um sinal para sempre; porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, e ao sétimo dia descansou, e restaurou-se".

Eze 20:20 "E santificai os meus sábados, e servirão de sinal entre mim e vós [Israel], para que saibais que eu sou o SENHOR vosso Deus".

Como o autor também tirou este último versículo de seu contexto, é bom verificar a quem foram ditas essas palavras:

Eze 20:3-13 "Filho do homem, fala aos anciãos de Israel, e dize-lhes... E os tirei da terra do Egito, e os levei ao deserto. E dei-lhes [a Israel] os meus estatutos e lhes mostrei os meus juízos, os quais, cumprindo-os o homem, viverá por eles. E também lhes dei [a Israel] os meus sábados, para que servissem de sinal entre mim e eles; para que soubessem que eu sou o SENHOR que os santifica. Mas a casa de Israel se rebelou contra mim no deserto, não andando nos meus estatutos, e rejeitando os meus juízos, os quais, cumprindo-os, o homem viverá por eles; e profanaram grandemente os meus sábados; e eu disse que derramaria sobre eles o meu furor no deserto, para os consumir".

As religiões geralmente são construídas em cima de afirmações tiradas de seu contexto, e não é diferente com esta. Ao tentar transplantar a guarda do sábado, uma ordenança tipicamente judaica, para o cristianismo fica  algo faltando: a pena de morte para quem não guardar o sábado, o que evidentemente deixa a coisa toda surreal. Não somos Israel, mas Igreja, portanto é muito importante distinguir bem o que se aplica a cada povo.

Os textos abaixo ajudarão você a compreender melhor questões como o lugar da mulher, o sábado, e o que é para Israel e o que é para a Igreja.

MULHER
http://www.respondi.com.br/2010/08/como-assim-salvar-se-dando-luz-filhos.html
http://www.respondi.com.br/2009/01/mulheres-podem-ser-pastoras.html
http://www.respondi.com.br/2008/10/biblia-proibe-o-ministerio-das-mulheres.html
http://www.respondi.com.br/2009/12/deus-aboliu-diferenca-homem-mulher.html
http://www.respondi.com.br/2006/04/bblia-discrimina-mulher.html
http://www.respondi.com.br/2005/11/por-que-mulher-no-deve-ensinar.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/bblia-considera-mulher-inferior-ao.html
http://www.respondi.com.br/2007/09/mulheres-cristas-no-podem-falar.html
http://www.respondi.com.br/2009/12/por-que-so-paulo-manda-as-mulheres.html
http://www.stories.org.br/textos/mle.html

SÁBADO
http://manjarcelestial.blogspot.com/2011/11/o-sabado.html
http://www.respondi.com.br/2010/02/devo-guardar-o-sabado.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/que-significado-tem-o-sbado-para-o.html
http://www.respondi.com.br/2009/08/qual-o-papel-da-lei-de-moises-para-o.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/qual-relao-de-cristo-com-lei-dada.html
http://www.respondi.com.br/2010/06/o-que-significa-galatas-216-21.html
http://aordemdedeus.blogspot.com/2011/05/o-cristianismo-e-tipicamente-celestial.html
http://www.3minutos.net/2012/01/301-o-dia-do-senhor.html

ISRAEL / IGREJA
http://www.respondi.com.br/2009/03/igreja-nao-aparece-no-antigo-testamento.html
http://www.respondi.com.br/2009/08/como-saber-o-que-se-aplica-igreja.html
http://aordemdedeus.blogspot.com/2011/05/igreja-nao-aparece-no-antigo-testamento.html
http://aordemdedeus.blogspot.com/2011/05/para-o-cristao-o-antigo-testamento-e-um.html
http://aordemdedeus.blogspot.com/2011/05/o-judaismo-nao-e-um-padrao-para.html

por Mario Persona

 



Comentários




21/11/2014 às 17:58

SANTIFICAÇÃO ENTRE MARIDO E MULHER                                             

CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto

Antes de você ler o texto abaixo leia 1 Coríntios capítulo 7 versos 1 ao 40.

O que quer dizer "santificar" em 1 Coríntios 7:14 diz: "Porque o marido descrente é santificado pela mulher; e a mulher descrente é santificada pelo marido; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos".

Sobre casais onde uma pessoa é convertida e a outra descrente ou seja não é convertido, Paulo disse: "Porque o marido incrédulo é santificado no convívio da esposa, e a esposa incrédula é santificada no convívio do marido crente. Doutra sorte, os vossos filhos seriam impuros; porém, agora, são santos" (1 Coríntios 7:14). Que tipo de santificação é essa? Ele está sugerindo que uma pessoa pode ser salva pela fé do cônjuge ou a dos pais?

Santificar quer dizer "separar" ou "colocar à parte". Muitas vezes, a palavra descreve um processo espiritual no qual somos separados do mundo e justificados por Cristo, ou seja, salvos do pecado. Esse é o sentido da Palavra no Novo Testamento. 1 Coríntios 6:11 diz: "...vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus" (veja, também, Efésios 5:26; Hebreus 2:11.

Outras vezes, a palavra é usada para descrever a separação de uma coisa ou uma pessoa para uma determinada função. Considere alguns exemplos:

Arão, seus filhos e suas vestes foram santificados para serviço no tabernáculo (Êxodo 29:21).

O ano de jubileu foi santificado para libertar as pessoas e suas posses (Levítico 25:10).

Homens santificam a Deus e o seu nome, como o único que merece louvor (Isaías 29:23; Mateus 6:9).

O ouro no templo e as ofertas no altar foram santificados para o serviço ao Senhor (Mateus 23:17,19; compare Romanos 15:16).

Cristãos são santificados para boas obras (2 Timóteo 2:21).

Esses exemplos ajudam quando chegamos a 1 Coríntios 7:14. A santificação de cônjuges descrentes e de crianças não é questão de salvação, mas de serem apropriados para a criação e manutenção da família.

O marido descrente, nesses casos, é separado (designado) para ser marido, e a esposa cristã não pode mandá-lo embora. A salvação dele é possível, mas só se ele for ganho pela palavra e pelo exemplo da esposa (1 Pedro 3:1-2; 1 Coríntios 7:16). De semelhante modo, cada filho tomará sua própria decisão sobre o evangelho, tomando para si a fé em Cristo (2 Timóteo 1:5).

Sobre o sexo no matrimônio não é pecado, mas uma ordenança divina em seu projeto original. O homem, como tudo mais, deturpou também este aspecto da criação de Deus. A ideia do sexo antes do casamento é leviana, pois parte do pressuposto de que pode existir uma união sem um comprometimento, o que não estava nos planos de Deus.

Algumas passagens que demonstram o pensamento de Deus a respeito do sexo fora do casamento, seja ele na forma de prostituição, adultério ou fornicação.

"Não adulterarás." Êxodo 20.14.

"Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus." Gálatas 5.19,21.

"Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus... Fugi da prostituição. Qualquer outro pecado que o homem comete, é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo." 1 Coríntios 6.9,10,18

"Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição, que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus" 1 Tessalonicenses 4.3-5

"Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará." Hebreus 13.4.

Diferentes palavras são usadas na Bíblia para designar o sexo fora do padrão estabelecido por Deus, que é o matrimônio: adultério, fornicação, prostituição, lascívia são algumas delas.

Adultério é quando um (ou ambos) praticante do ato sexual é casado com outra pessoa. Em algumas passagens o termo é usado no sentido de infidelidade do povo de Deus se entregando a outros deuses.

Fornicação é o ato sexual entre pessoas não casadas, e a palavra também pode aparecer referindo-se ao adultério, por causa de seu sentido mais amplo.

Prostituição envolve a troca de favores sexuais por dinheiro ou algum tipo de benefício, é a venda do corpo (ou sua compra pela outra parte).

Lascívia é a sensualidade exagerada, a prática de atos libidinosos que estimulem a sexualidade.

Efeminados e sodomitas refere-se ao ato sexual entre pessoas do mesmo sexo ou seja homem com homem e mulher com mulher Romanos 1:24-32.

Voltando para o assunto do casamento Deus condena o sexo fora do matrimônio. Sei que sofremos tentações, mas Deus é poderoso para sempre prover as forças necessárias para não sermos derrubados. Quando alguém cede, é porque quis, e não porque não tivesse forças suficientes para fugir do pecado. Medite em Provérbios 6.20‑35.

Talvez alguém que não crê no que a Bíblia diz, dirá para você que sexo antes do casamento não tem problema algum.

Esses argumentos todos caem por terra com uma simples pergunta: Foi essa a ordem de eventos que Deus instituiu?

Gênesis 2:24 diz: "Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.

Marcos 10:7-8 diz: "Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher, E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne".

Efésios 5:31 diz: "Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne".

A ordem é esta, primeiro o homem deixa seu pai e sua mãe, segundo, ele se une à sua mulher em (matrimônio) e terceiro, os dois tornam-se uma só carne.

Se você tiver dúvida sobre o que é uma só carne e seu significado...

1 Coríntios 6:16 diz: "Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne.

1 Coríntios 6:16 no final já diz que significa ser "uma só carne".

Leia também a carta aos Efésios capítulo 5 versos 22 ao 33.

 

 



Comentários




20/11/2014 às 18:02

 

A BELEZA DAS MULHERES

CONFIRA A PASSAGEM NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto

O livro de Provérbios capítulo 31 versículo 30 diz: "Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada".

Isto não significa que seja errado você mulher ser atraente ou vaidosa, mas fique atenta em ficar focada no Senhor e não em sua vaidade. Não há nada de errado em você usar um bom perfume, ser vaidosa sobre o que vai vestir para tal ocasião, ou mesmo para ir trabalhar dependendo do que você faz, não há nada de errado nisso; mas tenha sempre o Senhor como o primeiro em sua vida.

Na Bíblia (Sara e Rebeca) eram belas mulheres as mulheres são bonitas. mas a beleza é vã porque ela não permanecerá. O que permanece e traz benefícios permanentes é "o temor ao Senhor".

 

 



Comentários




17/11/2014 às 19:39

COMO SUPERAR A ANSIEDADE E O MEDO?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE


Postado por Luís Augusto


A carta aos Filipenses 4:2-7 diz: "Rogo a Evódia, e rogo a Síntique, que sintam o mesmo no Senhor. E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os meus outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida. Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Seja a vossa eqüidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor. Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus".

A chave para a ansiedade está em 2 Crônicas capítulo 20 versos 3 e 12 onde diz: "Então Jeosafá temeu, e pôs-se a buscar o Senhor, e apregoou jejum em todo o Judá". "Ah! nosso Deus, porventura não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti".

Repare que o texto diz que todos nós estamos sujeitos a momentos de ansiedade e medo e, como o rei Jeosafá, precisamos aprender a colocar sempre os nossos olhos no Senhor.

Mesmo depois de ter crido em Cristo como Salvador, e com Ele o perdão de todos os pecados (1João 1:7), continuamos vulneráveis em nossos sentimentos e emoções. Mas já somos novas criaturas.
Em 2 Coríntios 5:17 diz: "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo".

O texto diz que "as coisas velhas já passaram; e que tudo se fez novo".
Mas a nossa velha natureza ainda é suscetível às circunstâncias em nosso dia a dia. Sendo assim, não é anormal ficarmos ansiosos, com medo, desanimados e abatidos. O apóstolo Paulo experimentou tais sentimentos em sua vida cristã.

Em 2 Coríntios 6:4-10 diz: "Antes, como ministros de Deus, tornando-nos recomendáveis em tudo; na muita paciência, nas aflições, nas necessidades, nas angústias, Nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos jejuns, Na pureza, na ciência, na longanimidade, na benignidade, no Espírito Santo, no amor não fingido, Na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça, à direita e à esquerda, Por honra e por desonra, por infâmia e por boa fama; como enganadores, e sendo verdadeiros; Como desconhecidos, mas sendo bem conhecidos; como morrendo, e eis que vivemos; como castigados, e não mortos; Como contristados, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, e possuindo tudo".

2 Coríntios 7:5-6 diz: "Porque, mesmo quando chegamos à macedônia, a nossa carne não teve repouso algum; antes em tudo fomos atribulados: por fora combates, temores por dentro. Mas Deus, que consola os abatidos, nos consolou com a vinda de Tito".

Mesmo o Senhor Jesus, quando esteve neste mundo, revelou a nós a tristeza do Seu coração. Em Marcos 14:34: diz: "E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui, e vigiai".

Mas esta tristeza não provém de uma velha natureza no caso de Jesus e nem havia vulnerabilidade nEle.

Qual de nós não se sente ansioso e com medo diante de uma enfermidade, do desemprego, de uma crise familiar, da violência que nos cerca, dos desafios do dia a dia etc.

Quando estiver ansioso, vá ao Senhor, duas passagens para você meditar.

1 Pedro 5:7: "Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós".

Provérbios 12:25 "A ansiedade no coração deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra".



Comentários




17/11/2014 às 17:26

PODE UM CRISTÃO SER POSSUÍDO PELO MUNDO?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto
  
O evangelho de Lucas 11:24: diz: "Quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares secos, buscando repouso; e, não o achando, diz: Tornarei para minha casa, de onde saí".
                                                                                  
A resposta para se um cristão pode ser possuído pelo mundo é não! O verdadeiro cristão jamais poderá ser possuído por um espírito imundo. Esse é o nome em que Jesus dava a tais espíritos que possuíam animais ou pessoas, nem todos os demônios, possuem pessoas. Marcos 1:23; Marcos 1:26;  Marcos 5:8; Lucas 4:33; Marcos 7:25; Lucas 9:42;  Marcos 5:12-13.  

Em 1 João 5:18-19 diz: "Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca. Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno".

Os nascidos de Deus não podem ser tocados pelo Maligno. Tais pessoas são guardadas pelo Espírito. O Espírito Santo as reveste impedindo qualquer ação do inimigo.  Em Efésios 1:13 diz: "Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa;"

"Três coisas, ouvir o evangelho, crer nele, e é selado com o  Espírito Santo da promessa;".  Mas então quem não quer ouvir, crer e aceitar? Paulo diz em Romanos 8:9: "Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele".

"Quem não aceita não tem o  Espírito de Cristo, e esse  tal não é dele, é o que o texto diz.. E se não é dEle "é do mundo"...

"O mundo todo está no maligno" 1 João 5:18-19, Os que não são nascidos de Deus permanecem à mercê da ação destes espíritos imundos. Um convertido, ou seja, alguém nascido de novo, embora tenhamos uma natureza caída e arruinada pelo pecado, não ficará possuído por outro espírito. Mas terá o Espírito Santo habitando nele, e o  Espírito Santo,  jamais o deixará.

Tiago 4:7 nos faz pensar sobre isso onde diz: "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós".

 

 

 



Comentários




17/11/2014 às 16:20

Sou salvo exclusivamente por graca?      

Confira as passagens na Bíblia online.

Texto tirado do blog O que respondi por Mario Persona

 

Você perguntou se uma pessoa que tenha aceitado a Jesus Cristo como Senhor de sua vida e único e suficiente Salvador, e venha a "escorregar" em algumas práticas condenáveis e abomináveis aos olhos do Senhor, será salva exclusivamente pela graça, e se tal ideia não poderia encorajá-la a continuar em seu erro.

Bem, sua dificuldade em entender está por não crer na salvação como um fato consumado no momento em que alguém crê em Jesus. Veja que em diversas passagens a Bíblia dá a salvação como algo resolvido, e não como um processo ou uma pendência que ainda teria de aguardar o "bater do martelo" num julgamento final.

"Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida." (Jo 5:24).

"Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória." (Ef 1:13).

 

"Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus." (1 Jo 5:13). 

 

Portanto, uma vez salvo, salvo para sempre, e se ocorrer essa "escorregada" da qual falou, que é o pecado -- e todo pecado é abominável aos olhos de Deus -- "temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. E ele é a propiciação pelos nossos pecados." (1 Jo 2:1-2). Mas se Deus nos dá esse recurso de recorrermos à confissão para podermos contar com o perdão que já foi garantido na cruz, ao mesmo tempo ele alerta: "Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis." (1 Jo 2:1).

Aquele que persiste no erro e não confessa seu pecado será tratado por Deus com disciplina, como faz um pai com seu filho. Vem à memória o alerta que o Senhor deu ao paralítico que tinha acabado de curar: "Depois Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior." (Jo 5:14).

Supor que não pecaríamos depois de convertidos é confiar na carne. Geralmente aquele que se considera justo e é confiante demais em sua própria fidelidade para achar que não irá mais pecar será o primeiro a negar e esconder seu pecado. Admitir que pecou prejudicaria sua reputação, e ele sempre estaria pronto para afirmar, como Pedro, "Ainda que todos se escandalizem em ti, eu nunca me escandalizarei." (Mt 26:33).

Se fôssemos salvos por obras (ou se mantivéssemos nossa salvação assim) Deus teria de dividir sua glória conosco. Além disso jamais teríamos certeza de coisa alguma, pois como iríamos saber o quanto de boas obras, fidelidade e perseverança seria necessário para nos levar ao céu? Viveríamos como nesses programas de milhagem de passagens aéreas, a todo momento ansiosos para ver se já teríamos milhas suficientes para viajar.

O problema é que, ao contrário desses programas milhagem, o único Ser justo e sem pecado que tem direito a estar na presença de Deus é o Homem perfeito, Jesus. E cada vez que olhamos para Jesus só vemos o quão longe estamos de sua perfeição. Achar que fazendo algo podemos chegar mais perto é pura pretensão. Por isso dependemos da graça de Deus para sermos salvos, e isto é pela fé. Eu não sei como alguém poderia duvidar disso com passagens tão claras quanto esta:

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas." (Ef 2:8-10).

Se eu perguntar a Deus se serei salvo por suas obras, Deus responderá com as palavras do versículo acima que não, "porque pela graça sois salvos". Se eu quiser acreditar que minha fidelidade tenha algo a ver com minha salvação, Deus dirá que é "por meio da fé". Então, enquanto eu estiver vasculhando em todos os bolsos de meu ser para ver se encontro algo que possa dar ou fazer para Deus a fim de garantir minha salvação, ele me diz: "Isto não vem de vós", e completa dizendo que é um "dom", ou dádiva.

Então, se eu ainda insistir e perguntar: "Será que não tem alguma obra que eu possa fazer, Senhor?", sua resposta será que a salvação "não vem das obras, para que ninguém se glorie". Então pergunto em que parte do processo as obras aparecem e ele me diz que é depois de eu já ter sido salvo, já que fui novamente "criado em Cristo Jesus para as boas obras" que ele preparou para eu andar nelas. E mesmo que eu as cumpra, no final para quem irá a glória? Para Deus.

No início de sua mensagem você apresentou a suposição de que Deus teria deixado o homem numa situação de incapacidade de viver a sã doutrina para nenhum homem se gloriar de estar andando nela. Agora Deus diz claramente em sua Palavra que a única coisa que ele quis ter certeza de que o homem não iria se gloriar é sua salvação, e que se fosse por obras o homem certamente se gloriaria.

Se, por um lado, você afirmou que o homem seria incapaz de cumprir as demandas de Deus e seguir a sã doutrina (dizendo que é por isso que existem tantas denominações), por outro você ainda deposita confiança no homem ao sugerir que existe um lugar para as obras na salvação, como uma espécie de ajuda humana em algo que só poderia vir de Deus. Pense assim: foi o homem quem se meteu nesse profundo poço de pecado. Como ele poderia supor que conseguirá sair dali sem ser tirado por alguém de fora?

Ao perguntar se uma pessoa que tenha se convertido e crido em Jesus "como único e suficiente Salvador" permaneceria salva mesmo que tivesse dado uma "escorregada" você mesmo já deu a resposta. Ora, se você disse que a pessoa aceitou a Jesus como "único e suficiente" Salvador é porque não existe outro Salvador e nada faltou no que Cristo fez para salvar.

"Único" significa exclusivo, que só ele pode salvar, o que exclui a ajuda do pecador. "Suficiente" mostra que, uma vez tendo ele salvado o pecador, nada mais resta para o pecador fazer. Mas evidentemente entendo bem sua preocupação, pois o argumento da perda da salvação é bastante usado principalmente pelos líderes das religiões pentecostais e outras que não acreditam na salvação eterna, mas numa "salvação volátil" que pode virar fumaça se a pessoa pecar ou não perseverar.

Se tal argumento fosse verdadeiro, voltaríamos ao problema anterior, só que ao invés de perguntarmos o quanto de boas obras seriam suficientes para salvar o pecador, perguntaríamos o quanto de pecado seria suficiente para tirar a salvação de alguém. Neste caso eu tenho a resposta: "Um". Se um pecado foi suficiente para Adão e Eva terem sido expulsos do Paraíso, como alguém se achará capaz de entrar na presença de Deus com "poucos" pecados? Ou Cristo pagou por todos eles quando morreu na cruz, e perdoou todos eles quando a pessoa creu nele, ou essa pessoa está perdida eternamente se depender de limpar seus próprios pecados. "Porventura pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? Então podereis vós fazer o bem, sendo ensinados a fazer o mal." (Jr 13:23).

Mas então vem sua preocupação que é sincera: Será que alguém que tenha crido que seus pecados foram todos perdoados não voltaria a pecar deliberadamente por saber que não poderá mais perder a salvação? A questão é que um verdadeiro salvo, que possui realmente o Espírito Santo de Deus habitando em si, não ousaria pensar assim. Ele tem horror do pecado. Pode até acontecer de cair, mas se sentirá péssimo enquanto não confessar seu pecado e acertar sua consciência para com Deus.

Portanto, o crente é capaz de pecar depois de salvo, pois se dissesse o contrário ele já estaria condenado pelo pecado da mentira. "Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós... Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós." (1 Jo 1:8-10). Mas isto não é uma licença para pecar, mas apenas a primeira parte da explicação que Deus dá de como nos valermos de nosso Advogado no céu.

Deus deixou um recurso para o salvo usar quando cair, e está na continuação da mesma passagem. O recurso não é um aval para pecar, mas a demonstração da graça e misericórdia de Deus que estão disponíveis a todo aquele que crê. E curiosamente você verá que esse recurso não envolve pedir perdão a Deus, uma vez que o perdão já está garantido ao que crê. O recurso é "confessar" nossos pecados, sabendo que não estamos sozinhos nisso, mas temos um Advogado.

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça... Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele. Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou." (1 Jo 1:9; 2:1-6)

 

 

 



Comentários




15/11/2014 às 20:29

Por que nao consigo falar a lingua dos anjos?

Confira as passagens na Bíblia online

Texto tirado do blog O que respondi por Mario Persona

 

Pelo que entendi você se converteu e aderiu a alguma igreja pentecostal, e agora vive aflita porque vê seus irmãos e irmãs falando a língua dos anjos e você não consegue. Por que você não consegue falar a língua dos anjos? Simplesmente porque você é sincera e não sabe fingir, além de não se deixar levar por ataques de histeria coletiva.

A história da "língua dos anjos" é uma das histórias mais mal contadas da cristandade. Depois que Deus causou a confusão de línguas em Babel, para que o homem parasse de se gloriar de sua própria capacidade, o pentecostalismo acabou emprestando a glossolalia, um fenômeno também tratado pela psiquiatria. E acabaram se gloriando justamente daquilo que Deus fez para que não se gloriarem: falar em muitas línguas.

Como consequência, em alguns grupos cristãos aqueles que "não conseguem" falar "línguas estranhas" ou a "língua dos anjos" são vistos como cristãos de segunda categoria, pessoas que não têm o Espírito Santo. Oras, "se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dEle"! Rm 8:9

Para entender a questão de línguas, é preciso voltarmos ao Éden. Lá havia uma língua só, e com ela encontramos Adão e Eva se comunicando entre si, e falando com Deus e com Satanás na forma de serpente. Deus e Satanás também se comunicavam com Adão e Eva de um modo que eles se entendiam, portanto não havia ali necessidade de intérpretes.

Depois de Babel as pessoas precisariam aprender diferentes línguas se quisessem se comunicar entre si. Mesmo assim o homem continuou se comunicando com Deus sem precisar de intérpretes. E Deus e os anjos continuaram falando aos homens em diversas ocasiões sem tradução simultânea. Ou seja, as diferentes línguas são um problema para quem vive no mundo material, não no espiritual. São um problema de comunicação entre homens, não entre o homem e Deus ou anjos.

No dia de Pentecostes Deus inverteu o que fez em Babel para mostrar que agora queria novamente que Seu povo pudesse se entender. Os discípulos, cheios do Espírito Santo, falaram em diferentes línguas, e judeus de várias nações os ouviram falar cada um em sua própria língua. Apesar de ter sido algo miraculoso, obviamente não há ali qualquer menção de um idioma angelical, pois fica claro tratar-se de idiomas humanos e há até uma lista das regiões onde esses idiomas eram falados. At 2

De onde então o pentecostalismo tirou essa ideia, de que alguém poderia falar a língua dos anjos? De 1 Co 13:1 "Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine". O problema é que Paulo não está dizendo ser capaz de falar a língua dos anjos. Ele está usando uma figura de linguagem e fica fácil entender isso se lermos os "ainda que" usados por ele no texto:

"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos..."
"Ainda que tivesse o dom de profecia..."
"Ainda que conhecesse todos os mistérios e toda a ciência..."
"Ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse montes..."
"Ainda que distribuísse toda a minha fortuna para o sustento dos pobres..."
"Ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado..."

O foco de Paulo não está nas coisas que ele supostamente seria capaz de fazer, mas no fato de que de nada adiantaria fazer tudo isso se não tivesse amor. Ao focar na "língua dos anjos" o pentecostalismo perde o foco totalmente, como a criança que ganha um brinquedo de aniversário e prefere brincar com a caixa.

Se adotarmos o mesmo princípio usado pelo pentecostalismo para a interpretação do texto, seremos obrigados a admitir que Paulo era um super-herói digno dos gibis: Além de falar a língua dos anjos, ele era capaz de falar todas as línguas dos homens (6.912 idiomas já foram identificados até hoje), tinha o dom da profecia, conhecia todos os mistérios e toda a ciência, tinha fé capaz de transportar montes, era bilionário e filantropo e pretendia ser cremado, talvez ainda vivo.

Absurdo, não é mesmo? Eu também acho. Mas alguém poderá correr apontar outra passagem: 1 Co 14:2 "Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios". Bem, aqui não diz nada de língua dos anjos, mas de um idioma estrangeiro e desconhecido dos presentes.

Parafraseando o versículo, o sentido seria: "Porque o que fala chinês entre brasileiros, não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios". É óbvio que eu não entenderia um irmão da China orando em chinês ao meu lado, e teria de admitir que aquilo tudo é um mistério para mim e ele não está conversando comigo, mas com Deus.

A passagem continua com Paulo explicando que "o que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja". O que Paulo quer dizer? Que falar em um idioma estrangeiro e desconhecido aos outros é algo maravilhoso? Não! Ele está dizendo exatamente o contrário. É algo que chega a ser egoísta quando é feito na congregação, pois não edifica a ninguém senão ao que fala. Ele segue mostrando que profetizar, isto é, falar das coisas de Deus e da Sua Palavra em uma língua inteligível, é algo muito melhor e superior ao balbuciar extático numa língua estrangeira.

"A não ser que também interprete para que a igreja receba edificação", continua Paulo, mostrando a inutilidade de se falar em uma língua desconhecida entre irmãos sem um intérprete. Se você já participou de uma palestra em uma língua estrangeira que você não entende, vai reconhecer que foi pura perda de tempo. É por isso que Paulo continua falando da falta de proveito de se falar numa língua estrangeira que ninguém entende, chamando a isso até de um colóquio entre bárbaros! (1 Co 14:11). Você não iria querer ser um deles, não é mesmo? "Se eu ignorar o sentido da voz, serei bárbaro para aquele a quem falo, e o que fala será bárbaro para mim" 1 Co 14:11. Bárbaro aí tem o sentido de estrangeiro, não de selvagem.

Paulo termina com um golpe de misericórdia na questão, para deixar muito claro a bobagem daqueles que se gloriam em falar numa língua que ninguém entende: "Dou graças ao meu Deus, porque falo mais línguas do que vós todos [sim, Paulo era poliglota porque estudou muitas línguas]. Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida. Irmãos, não sejais meninos no entendimento" 1Co 14:18-20 Esta última expressão de Paulo em linguagem de hoje ficaria assim: "Ô, gente! Deixem de agir como crianças!"

Mas veja que em nenhum momento o assunto ali é alguma língua angelical, mas idiomas humanos. É preciso distorcer muito o texto para acreditar em outra coisa. Neste momento alguém irá querer correr para 2 Co 12:4: "Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, que ao homem não é lícito falar". Bem, se este versículo estiver falando de alguma língua angelical, então fica muito claro que o homem está proibido de falar palavras nessa tal língua: "ao homem não é lícito falar".

Será que deixei passar alguma passagem de uma suposta língua angelical? Talvez esta: Rom 8:26 "E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos". Bem, entendo que aqui não fala de uma língua, mas de intenções do Espírito em nós. E esses gemidos não são nossos, mas do Espírito.

Diante de tudo isso, eu perguntaria: Que vantagem alguém teria por falar uma língua de anjos? Primeiro, em nenhum lugar somos encorajados a nos comunicarmos com anjos, mas diretamente ao Pai e ao Filho. Perceba que nem mesmo encontramos alguém na Bíblia falando ao Espírito Santo em oração, mas apenas a Deus, o Pai, e a Jesus, o Filho.

Portanto, se já tenho acesso a Deus Pai e a Deus Filho para minhas petições, porque iria querer falar com anjos em um idioma que nem eu entenderia? Que utilidade isso teria para o anjo, encontrar um ser humano falando coisas que nem sabe o que significam? Se alguém pretende se comunicar dizendo coisas que não sabe o que significam, isso não seria comunicação coisa nenhuma. Qual a utilidade de falar uma língua que nem eu e nem ninguém entende, senão de querer me exibir? E se falasse a pretexto de falar com Deus ou com anjos, por que eu precisaria de tal idioma se nunca encontramos Deus ou os anjos falando com humanos em outra língua que não seja a da pessoa envolvida na conversa?

Mesmo que se alegasse a possibilidade de se falar uma língua dos anjos nessas manifestações de histeria coletiva que vemos em algumas igrejas pentecostais, ainda assim essas pessoas não estariam cumprindo a ordem clara que é dada na Palavra de Deus:

1Co 14:27-35 "E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por DOIS, ou QUANDO MUITO TRÊS, e UM DEPOIS DO OUTRO, e HAJA INTÉRPRETE. Mas, SE NÃO HOUVER INTÉRPRETE, ESTEJA CALADO NA IGREJA, e fale consigo mesmo, e com Deus. ... Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos. AS VOSSAS MULHERES ESTEJAM CALADAS NAS IGREJAS; PORQUE NÃO LHES É PERMITIDO FALAR; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; PORQUE É VERGONHOSO QUE AS MULHERES FALEM NA IGREJA".

Agora ninguém poderá dar a desculpa de que não viu estas instruções claras na Palavra de Deus. Mesmo assim, aposto um doce como na igreja onde você congrega todas estas regras são desrespeitadas quando começam a falar em línguas estranhas.

Sugiro também a leitura destes links:
http://manjarcelestial.blogspot.com/2010/02/linguas-e-outros-dons-de-sinais-gordon.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/existe-alguma-condio-para-falar-lnguas.html
http://www.respondi.com.br/2010/10/1-co-14-incentiva-as-linguas-para.html
http://www.respondi.com.br/2009/06/qual-o-significado-de-1-corintios-13.html


http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/o-espirito-santo-h-e-hayhoe.html
http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/nascido-do-espirito-h-e-hayhoe.html
http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/o-batismo-com-o-espirito-santo-h-e.html
http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/uncao-selo-e-penhor-do-espirito-h-e.html
http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/os-dons-do-espirito-h-e-hayhoe.html
http://www.respondi.com.br/2010/07/existem-crentes-sem-o-espirito-santo.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/o-que-batismo-do-esprito-santo.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/qual-diferena-entre-o-batismo-e-o-selo.html



Comentários




15/11/2014 às 20:08

273 Dragao em pele de cordeiro Leitura:

João 18:1; Apocalipse 13:11

Confira as passagens na Bíblia online

Texto tirado do evangelho em 3 minutos por Mario Persona

No Antigo Testamento Davi é uma figura de Jesus, o rei traído e desprezado que o profeta Isaías descreveu como não tendo "qualquer beleza ou majestade que nos atraísse, nada em sua aparência para que o desejássemos" (Is 53:2). Por sua vez, Absalão, o filho de Davi elogiado por sua beleza, é uma figura do Anticristo, o usurpador do trono e representante visível do príncipe deste mundo, Satanás.

Porém, quando Jesus voltar para reinar, já não virá mais como o servo manso e humilde, mas como um rei poderoso e implacável para com seus inimigos. Aqueles que hoje creem nesse Jesus desprezado e exilado no céu, recebem a salvação. Os que o rejeitam serão levados a crer no Anticristo, aquele que João descreve como a "besta que saía da terra, com dois chifres como cordeiro, mas que falava como dragão". (Ap 13:11).

Como fez Absalão, cujo nome significava "Patrono da Paz", o Anticristo virá vestido em pele de cordeiro para encobrir sua natureza de dragão herdada de Satanás. O apóstolo João previu que muitos "anticristos" surgiriam antes do derradeiro Anticristo, e algumas características os denunciariam. Uma seria o fato de negarem que Jesus veio em carne, isto é, que Deus assumiu a forma humana. Outra seria a sua habilidade em fazer sinais e milagres.

Se você vive atrás de sinais e maravilhas, saiba que pessoas assim serão as vítimas do Anticristo. Paulo fala que "a vinda desse perverso é segundo a ação de Satanás, com todo o poder, com sinais e com maravilhas enganadoras. Ele fará uso de todas as formas de engano da injustiça para os que estão perecendo, porquanto rejeitaram o amor à verdade que os poderia salvar" (2 Ts 2:8-10).

Quando Deus ordenou a Faraó que deixasse os israelitas saírem livres da escravidão no Egito, Faraó se opôs. Ao invés de libertar o povo de Deus, mandou que este recebesse uma carga maior de trabalho. Nos capítulos 7 e 8 do livro de Êxodo, por cinco vezes Faraó endureceu seu próprio coração. Então, no capítulo 9 diz que "o Senhor endureceu o coração de Faraó". O homem que se recusa teimosamente a ouvir a Palavra de Deus chega a um ponto sem volta, quando o endurecimento de seu coração passa a vir de Deus.

É o que ocorrerá após o arrebatamento da Igreja. Para aqueles que ouviram o evangelho e foram deixados para trás, "Deus lhes envia um poder sedutor, a fim de que creiam na mentira, e sejam condenados todos os que não creram na verdade" (2 Ts 2:11, 12). Quanto tempo falta para isso acontecer? A Bíblia responde: um piscar de olhos. A hora de crer em Jesus é agora.

 

 

 

 



Comentários




15/11/2014 às 20:02

"MISERÁVEL HOMEM QUE EU SOU"
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE
Postado por Luís Augusto

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito".
(Romanos 8:1).

Necessitamos, desesperadamente da graça de Deus para libertar nosso corpo deste processo fatal, que vem aniquilando nossos relacionamentos mais íntimos, minando nossas esperanças mais sadias e corrompendo as experiências mais santas e verdadeiras, certamente viveríamos melhor, teríamos famílias mais saudáveis e uma igreja mais madura e acolhedora.


"Miserável homem que sou." É duro reconhecer isto, mas este é o ponto de partida para a vida e a comunhão. É o princípio onde aprendemos que a vida começa em Deus e a comunhão é construída numa dependência constante e sincera dele. Fazendo isto, olharemos para nós antes de olhar para os outros. Estenderemos nossas mãos antes de exigir que alguém estenda as suas para nós.

Nos doaremos aos outros antes mesmo que se doem a nós. Cresceremos porque evitaremos culpar os outros pelos nossos erros e pecados. Que Deus tenha misericórdia de nós. “Miserável homem que eu sou!” O apóstolo Paulo escreve aos Romanos 7:24 dizendo: “Miserável homem que eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte?”

Essas palavras são aplicadas para nós, os cristãos nascidos de novo. Eles as usam como se nós cristãos estivéssemos em uma espécie de escravidão do pecado (está no mesmo contexto, apenas alguns versos anteriores, onde Paulo diz "Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado." Romanos 7:14. Ou seja, somos carnais, vendidos sob o pecado. Voltando em Romanos 7:14). Então, eles dizem: “miseráveis homens que nós somos”, “nós somos pecadores, vendidos sob o pecado”, “quem nos livrará disto?” Embora as pessoas amem o Senhor e queiram o seguir, e apenas para tais pessoas que o texto se refere...

Podem cair em muitos erros, elas não estão vendidas sob o pecado nem são miseráveis homens esperando por um Salvador. O Salvador chegou e Seu nome é Jesus Cristo! Ele abriu a porta da nossa prisão e nos fez livres. Nós não somos mais “miseráveis homens”. Nós éramos miseráveis homens anteriormente quando nós estávamos mortos em ofensas e pecados.

A carta aos Efésios 2:1 o apóstolo Paulo diz: "E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados," Mas agora, nós não estamos mortos mais! Deus nos deu vida juntamente em Cristo, por graça, apenas na base da nossa fé Paulo continua dizendo em Efésios 2:5: "Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)," Agora, nós somos “a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;” é o que diz 1 Pedro 2:9. Essa é a verdade da Palavra de Deus. Mas então, nós estamos certos em perguntar o que é essa lamentável situação que Paulo está descrevendo em Romanos 7?

A quem ele está se referindo? Porque ele está usando está passagem como se estivesse a aplicando para si próprio e por que ele está falando no presente como se fosse algo que está acontecendo agora? Bem, nós não precisamos ir longe para achar a resposta. Tudo que nós precisamos é ler o texto e o contexto das frases acima, Romanos 7 mostra que seu tema principal é a lei e como era impossível para alguém que tinha apenas a natureza pecadora de Adão cumprir esta lei.

Para dizer isso, Paulo está usando a primeira pessoa do singular no presente figurativamente, não literalmente. Em outras palavras, embora, pareça que ele diz o que ele diz para ele mesmo pessoalmente, ele faz isso apenas no sentido figurado, colocando a si mesmo na posição daqueles a quem essas coisas eram diretamente aplicáveis. Agora, como entender isso? Vamos ler por exemplo, os versos 7-9 de Romanos 7 que diz: "Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás. Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, operou em mim toda a concupiscência; porquanto sem a lei estava morto o pecado. E eu, nalgum tempo, vivia sem lei, mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri". E eu, nalgum tempo, vivia sem lei, mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri.”

A época “sem lei” foi antes da promulgação da lei, centenas de anos antes do nascimento de Paulo. Então quando Paulo diz “E eu, nalgum tempo, vivia sem lei” ele está usando a primeira pessoa do singular (“Eu”) apenas figurativamente. Ele não estava vivo naquela época, mas, ele figurativamente colocou si mesmo na posição das pessoas que estavam vivas dizendo “Eu vivia”. O mesmo também na próxima parte da passagem que diz: “mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri.”. O mandamento A Lei foi dada a Moisés e Paulo não estava vivo ainda.

É óbvio então que ele estava usando ele mesmo (primeira pessoa do singular) FIGURATIVAMENTE, LITERALMENTE. O mesmo padrão continua por todo Romanos 7. Paulo se usa e muitas vezes no presente para descrever que era uma situação no PASSADO. A razão pela qual ele fez isso é fazer a situação mais vívida e o contraste com a situação presente (a qual é descrita em Romanos 8:1 que diz: "Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus," O tema principal em Romanos 7 é a situação sem Cristo.

Antes de Cristo a lei era presente e, embora essa lei fosse boa, santa e justa era impossível se manter por pessoas que tinham apenas suas naturezas pecaminosas e carnais. Como Paulo diz em Romanos 7:12-14: "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom. Logo tornou-se-me o bom em morte? De modo nenhum; mas o pecado, para que se mostrasse pecado, operou em mim a morte pelo bem; a fim de que pelo mandamento o pecado se fizesse excessivamente maligno. Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado".

Paulo era carnal quando ele estava escrevendo essas coisas? Ele tinha apenas a natureza pecadora de Adão? Ele estava “vendido sob o pecado”? A resposta é enfaticamente NÃO. Paulo, como qualquer crente nascido de novo, tinha Cristo vivendo nele. Cristo o tinha livre. Ele estava agora nascido de novo e salvo. O que, portanto, ele está se referindo quando descreve a si próprio como “vendido sob o pecado”? Ele se refere à época da lei, o tema principal de Romanos 7. Na época da lei, não havia novo nascimento! Não havia nova natureza! Todas essas coisas ficaram disponíveis para nós depois do sacrifício que o Senhor Jesus fez na cruz cumprindo toda a Lei.

Mas que, na época da Lei, elas não estavam disponíveis. Assim, a única coisa que as pessoas tinham naquela época era a velha natureza pecadora. Embora, a Lei fosse boa, santa e justa ela era uma Lei espiritual enquanto eles eram carnais, vendidos sob o pecado. Portanto, quando Paulo diz: “mas eu sou carnal, vendido sob o pecado” Romanos 7:14. Ele está usando a si mesmo e o tempo no presente figurativamente, colocando a si mesmo no lugar daqueles que viveram na época da Lei, exatamente como ele fez no versículo 7 com todos aqueles que viveram sem a Lei, quando ele diz “vivia sem lei” Romanos 7:9. Quando Paulo estava escrevendo Romanos 7, ele era uma nova criatura como qualquer um de nós, que crê no Senhor Jesus Cristo, o Messias e Filho de Deus.

E é exatamente por isso que na segunda carta aos Coríntios 5:17 Paulo diz claramente: "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo". “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram;” Paulo usa o mesmo modo de falar (primeira pessoa do singular, no tempo presente) em todo o restante de Romanos 7. Romanos 7:15-24 diz: "Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço. E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo. Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros. Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte"? O que o apóstolo Paulo está descrevendo é uma situação miserável. Se você não levar em conta qual é o contexto da passagem (Romanos 7) por exemplo e se você ignorar e desprezar as realidades do novo nascimento você se tornará miserável também. Você também irá chorar “Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?”.

Mas Paulo diz tudo o que diz para descrever a situação antes de Cristo. É uma situação de anseio por um Salvador. Antes de Cristo, todos nós choraríamos “Miseráveis homens que nós somos! quem nos livrará do corpo desta morte?”. Mas a boa nova que significa boa notícia, é que a 2000 mil anos atrás o Salvador veio! Seu nome é Jesus Cristo! Paulo não para na questão: “Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?”, mas ele continua imediatamente com a resposta em Romanos 8:1-4 que diz: "Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito".


Se você leu o texto com atenção ele começa logo dizendo: “Portanto agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Olha a palavra condenação aí. Continuando ele diz: "Porque a lei do espírito de vida, em Cristo Jesus, ME LIVROU DA LEI DO PECADO E DA MORTE. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma a carne,Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne e do pecado, pelo pecado condenou o pecado da carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.”


Houve um tempo em que nós éramos escravos, vendidos sob o pecado. Hoje não mais! Como? Crendo no Senhor Jesus Cristo. Ele nos libertou dessa escravidão. Agora, nós temos uma nova natureza, Cristo está em nós. Agora nós somos LIVRES. Resumindo: aqui está a questão que Paulo fala em Romanos 7:24: “Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?” E aqui está a resposta, apenas 2 versículos depois: “a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, ME LIVROU DA LEI DO PECADO E DA MORTE.” E novamente Paulo diz aos Gálatas 5:1: "Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão".


Nós não somos mais escravos, vendidos sob o pecado. Nós não somos mais “vendidos sob o pecado”. Ao invés disso, Cristo nosso Salvador, veio, deu a si mesmo como resgate e nos fez LIVRES. Portanto, na próxima vez que você ouvir alguém chorando “Miserável homem que eu sou!”, querendo descrever nossa condição presente, você sabe que tal aplicação para nós está ERRADA. Glorifique o Senhor e o dê graças, que, através de Seu Filho, nos livrou desta situação terrível. Louvado seja ele sempre, pois embora nós estivemos uma vez “mortos em ofensas e pecados... Mas Deus que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou.”


 Efésios 2:1-5 "E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência; Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)," Louvado seja Jesus, nosso libertador de sempre.


A carta aos Gálatas: 2:21 diz "Não faço nula a graça de Deus; porque, se a justiça vem mediante a lei, logo Cristo morreu em vão". Tentar guardar a Lei o que é impossível, está sobre a condenação, porque o texto diz: "se a justiça vem mediante a lei, logo Cristo morreu em vão" Não sei se fui bem claro sobre a explicação... mas vou dizer mais uma vez aqui: Quem ainda insiste em tentar guardar a Lei o que é impossível, está sobre condenação, colocando a corda no próprio pescoço, pois a Lei foi feita para condenar a morte, mas a graça e a fé para a salvação de todo aquele que crê no Senhor.
 



Comentários




15/11/2014 às 19:59

"O QUE É A IGREJA?" 
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE
Postado por Luís Augusto

Hoje em dia, muitas pessoas entendem a igreja como um prédio. Esta não é a compreensão bíblica da igreja. A palavra igreja vem da palavra grega "Ecclesia", que é definida como "uma assembleia", ou "os que foram chamados". O significado primário de "igreja" não é de um prédio, um edifício, um templo construido com tijolos e pedras, mas de pessoas.

É irônico quando você pergunta às pessoas que igreja frequentam, geralmente dizem Batista, Metodista, Cristã No Brasil, Presbiteriana, Mundial, Universal ou outra denominação etc. Muitas vezes eles se referem à denominação ou ao prédio.  Romanos 16:5 diz: ...Saudai também a igreja que está em sua casa.”  o apóstolo Paulo se refere à igreja em sua casa, não à igreja prédio, um templo nada disso, mas um corpo de crentes.


A igreja é o Corpo de Cristo. Efésios 1:22-23 diz: “E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos.” O Corpo de Cristo é feito de todos os crentes desde o tempo de Pentecostes Leia Atos 2:1-2.  O Corpo de Cristo consiste em dois aspectos:

(1) A igreja é a igreja que consiste todos aqueles que têm um relacionamento pessoal com Jesus Cristo. Em 1 Coríntios 12:13-14 diz: "Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.
Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos".

"Vemos  Então, que qualquer pessoa que crer em Jesus é parte do Corpo de Cristo. A verdadeira igreja de Cristo não é nenhum prédio de igreja em particular ou denominação construida com tijolos e pedras.. A igreja de Jesus Cristo é composta por todos os que já receberam a salvação através da fé em Cristo Jesus.

(2) A igreja local é descrita em Gálatas 1:1-2: diz: "Paulo, apóstolo (não da parte dos homens, nem por homem algum, mas por Jesus Cristo, e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos),
E todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia:"

Aqui vemos que na província de Galácia havia muitas igrejas: o que chamamos de igreja local. Uma igreja Batista, igreja Luterana, igreja Católica, etc, não é a igreja. A igreja é composta por aqueles que já  creram pela fé e confiaram em Cristo para salvação, ou seja, as pessoas salvas pela  fé em Cristo.

Resumindo, a igreja não é um prédio, ou uma denominação. De acordo com a Bíblia, a igreja é o Corpo de Cristo: todos aqueles que já creram em Jesus Cristo pela para salvação.  O evangelho de João 3:16 diz: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna".

Em 1 Coríntios 12:13 diz: "Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos,

a palavra grega para "igreja" significa "chamado para fora", ou, em outras palavras, um ajuntamento de pessoas. Em Atos 7:38 diz: " Este é o que esteve entre a congregação no deserto, com o anjo que lhe falava no monte Sinai, e com nossos pais, o qual recebeu as palavras de vida para no-las dar".

A Bíblia diz que Moisés estava "na igreja no deserto", isto é, entre a congregação da nação de Israel. As Escrituras também mencionam que “desencadeou-se uma grande perseguição contra a "igreja", referindo-se à comunidade cristã em Jerusalém. Em Atos 8:1 diz: "E também Saulo consentiu na morte dele. E fez-se naquele dia uma grande perseguição contra a igreja que estava em Jerusalém; e todos foram dispersos pelas terras da Judéia e de Samaria, exceto os apóstolos".

Portanto, está bem claro que a Bíblia usa a palavra "igreja" para referir-se a um grupo de  pessoas, adoradores e não a um local de adoração como templos, edifícios, prédios construidos com tijolos e pedras.

É o que eu havia postado antes em Atos 17:24 que diz: "O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;"

"Deus não habita em templos, edifícios, prédios construido pelas mãos dos homens".

A igreja não é um prédio ou uma denominação de acordo com a Bíblia. A igreja é o Corpo de Cristo. Todos aqueles que já colocaram sua fé em Jesus Cristo para salvação.

João 3:16; "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna".

1 Coríntios 12:13 diz: "Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito".

A igreja é o Corpo de Cristo. Efésios 1:22-23 diz: "E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos".
 



Comentários




15/11/2014 às 19:49


FINADOS DIA DOS MORTOS É BÍBLICO?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE
Postado por Luís Augusto

No dia 2 de Novembro é  feriado. Trata-se do dia de finados. Dia de finados também é chamado de dia dos fiéis defuntos ou dia dos mortos. Trata-se de uma data católica fundamentada na crença na oração pelos mortos.

Essa crença é baseada [na tradição]  do livro de 2 Macabeus 12:43-46.

43. "Em seguida, fez uma coleta, enviando a Jerusalém cerca de dez mil dracmas, para que se oferecesse um sacrifício pelos pecados: belo e santo modo de agir, decorrente de sua crença na ressurreição,
44. porque, se ele não julgasse que os mortos ressuscitariam, teria sido vão e supérfluo rezar por eles.
45. Mas, se ele acreditava que uma bela recompensa aguarda os que morrem piedosamente,
46. era esse um bom e religioso pensamento; eis por que ele pediu um sacrifício expiatório para que os mortos fossem livres de suas faltas". (Bíblia Ave Maria)

O livro citado acima é apócrifo ou seja, algo que não foi REVELADO POR DEUS.  Ele não faz parte do cânon bíblico aceito como inspirado por Deus. Os católicos "creem que os vivos podem fazer algo pelos mortos", por isso acendem velas, oram por eles, levam flores, e até pedem perdão pelos seus pecados. Essa prática, porém, está definitivamente contrária ao que diz a Palavra de Deus.

Alguns textos:
A carta aos Hebreus 9:27 diz: "E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,"

Fica claro neste texto que a morte sela todas as oportunidades dadas às pessoas. Não há como interferir na vida pós morte. Se logo após a morte vem o juízo, como haveria possibilidade de orar para que alguém já morto fosse perdoado? Ele já não foi julgado? Orações pelos mortos são inúteis.

O livro de Eclesiastes 12:7 diz: "E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu".

Não existem caminhos intermediários entre esta terra e Deus. Não existem purgatórios, locais de purificação e nem novas oportunidades de salvação e perdão após a morte da pessoa. A salvação é somente pela fé em Jesus.

Atos capítulo 4 verso 12 diz assim: "E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos".

O texto mostra claramente que orações pelos mortos não tem validade para salvá-los, purificá-los ou mesmo perdoar os seus pecados. Em vida isso acontece na vida da pessoa através da fé em Cristo e do arrependimento.

O livro de 1 João 1:9 diz: "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça".

O perdão se dá através do arrependimento e da confissão dos pecados, o que os mortos não tem condições de fazer. A confissão é pessoal, de modo que eu não posso confessar os pecados de outro. Cada um responde pelos seus erros e só há oportunidade de confissão enquanto há vida.

A obra de Cristo justifica totalmente os que vão a Ele pela fé. Não há meia salvação e nem meio perdão. Romanos 5:1 o apóstolo Paulo diz: "Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo;"

A prática realizada neste dia está totalmente distante do que diz a Bíblia.
O que, então, nós cristãos devemos fazer no dia de finados? Bem, como o feriado já está proclamado mesmo, creio que o melhor que podemos fazer é lembrar-nos do legado que os nossos falecidos nos deixaram. Seus exemplos, sua sabedoria, seu carinho, seu amor.

Ir ao cemitério e deixar os túmulos dos entes queridos bem cuidados, não creio que seja errado... Agora, você achar que o seu parente ou amigo que já morreu vai se lembrar de você, pelo que você esta fazendo, é perda de tempo.

Pois a Bíblia diz que os mortos não sabem coisa nenhuma.
Eclesiastes 9:5 diz: "Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento".

O que se deve fazer então? Orar pelos vivos e pela conversão deles!
 



Comentários




15/11/2014 às 18:52

 

Se a mulher nao pode ensinar e' porque ela e' incapaz de aprender?

Confira as passagens na Bíblia online

Texto tirado do blog O que respondi por Mario Persona

 

 

Evite ampliar ou complicar o que Deus não complicou. A proibição na doutrina dos apóstolos é que a mulher ensine o homem: 1Tm_2:12 Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.


Aliado a isso, a ela também não é permitido, não apenas ensinar, mas até mesmo falar na reunião da igreja ou assembleia:

1Co_14:34 As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.

Então é simples como 1+1=2. As mulheres não devem ensinar o homem em geral, e devem permanecer caladas nas reuniões da assembleia, neste caso em particular.

Porém as mulheres podem falar da Palavra de Deus em outras ocasiões, desde que mantenham a cabeça coberta como ensina em 1Co_11:5 Mas toda a mulher que ora ou profetiza com a cabeça descoberta, desonra a sua própria cabeça, porque é como se estivesse rapada.

A palavra "profetizar" é ampla o suficiente para incluir falar das coisas de Deus. A mulher também pode anunciar coisas relativas a Jesus, como fez a samaritana em João 4 ou as mulheres que foram testemunhas da ressurreição e anunciaram isso aos discípulos. A mulher também ensina crianças, como fizeram a mãe e avó de Timóteo, e outras mulheres: Tit_2:4 Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos,

O que você não pode deduzir, como parece ter deduzido, é que a mulher seja incapaz de aprender diretamente do Espírito de Deus e que dependa do homem para isso. Não é verdade. A mulher tem sua comunhão com Deus como tem o homem, e pode aprender muitas coisas diretamente de Deus. Não queira transformar o mandamento "não ensine" em "não aprenda", porque esta é justamente uma das razões pelas quais Deus não permite que a mulher ensine, e o problema começou no Éden.

Veja a ordem que Deus deu:

Gên 2:16-17 E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.

Agora veja a versão feminina da ordem de Deus:

Gên 3:2-3 E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.

Deu para perceber que a mulher cumpriu a risca o ditado que diz que "quem conta um conto aumenta um ponto"? Pois é, ela aumentou a ordem de Deus acrescentando "nem nele tocareis", algo que Deus nunca disse. Por não se apegar simplesmente ao que Deus disse, e ir além, ela ficou vulnerável ao erro. Ao acreditar na sua própria versão a mulher deu a Satanás o sinal de que seria capaz de acreditar na versão dele também. É aí que ele entra com uma declaração totalmente contrária à que Deus tinha feito:

Gên 3:4 Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.

Dê um dedinho ao diabo e ele pegará o braço. Adão não foi enganado, mas seguiu a mulher no erro, consciente do que estava fazendo.

1Tm 2:14  E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. 

Desde então, e também por causa da declaração de Deus de que haveria inimizade entre o diabo e a mulher para sempre (Gn 3:15 e comentário neste link), a mulher ficou impedida de ensinar. Aquelas que o fazem correm o risco de "acrescentar um ponto ao conto" e ainda ficarem vulneráveis a doutrinas "sopradas" pelo inimigo.

Mas nada disso significa que uma mulher não possa aprender, e muitas aprendem bem da Palavra de Deus e são sábias em permanecer no lugar que Deus determinou para elas.

Sobre sua outra pergunta, se um líder em uma denominação é ou não inspirado pelo Espírito Santo quando prega, respondo que pode ser sim, se ele for um verdadeiro crente. Obviamente Deus continua usando os dons que deu aos homens para alimentar Seu rebanho, porém quando esse dom é limitado pelos dogmas e doutrinas impostos por uma denominação ele poderá alimentar até certo ponto o rebanho.

Ao falar de apartar-se do erro em 2 Timóteo 2 Paulo explicou que alguém apartado do erro e dos vasos de desonra pode ser vaso útil para 'TODA BOA OBRA', indicando que há vasos úteis para muitas obras, mas não 'toda boa obra' se estiverem sujos com erros de doutrina ou associação com o mal.



Comentários




15/11/2014 às 16:52

 

Ainda existe perseguicao contra cristaos? Confira as passagens na Bíblia online. 

Texto tirado do blog O que respondi por Mario Persona

 

 

 

Realmente há muitos cristãos sendo perseguidos hoje em todo o mundo e por alguma razão o Senhor permite que seja assim. Quando a perseguição acabou na Rússia o cristianismo caiu naquilo que é visto em todo o mundo, ou seja, na mornidão.


Tenho comunhão com irmãos que congregam somente ao nome do Senhor no Butão, onde o cristianismo é proibido, e eles são obrigados a cruzar a fronteira com a Índia para fazerem suas reuniões. Mesmo na Índia há regiões onde eles são perseguidos por sua fé, tanto por hindus como por muçulmanos.

Mas não se iluda: perseguição existe no mundo todo. Nos Estados Unidos já ouvi de pelo menos dois salões de reuniões de irmãos congregados somente em nome do Senhor que foram incendiados por vândalos. E em alguns lugares os pastores alertam suas ovelhas para ficarem longe desses crentes sem denominação.

Irmãos que congregam no Egito são proibidos de pregar o evangelho a muçulmanos e podem ser presos se tentarem fazê-lo. Também só podem se reunir em locais autorizados para cultos cristãos antes do país ganhar essas leis mais rigorosas. Os irmãos que congregam somente ao nome de Jesus lá são obrigados a alugar salas no porão de algum templo cristão antigo para poderem congregar, ou às vezes fazem reuniões em hotéis existentes na margem do Sinai do Mar Vermelho, pois são hotéis abertos a turistas ocidentais onde as leis da proibição não se aplicam.

É preciso ter discernimento, porém, porque você sempre encontrará gente usando fotos e vídeos de cristãos perseguidos para angariar donativos, e nem sempre o material representa perseguições a cristãos verdadeiros. Por exemplo, no Egito tem acontecido lutas entre "cristãos" e muçulmanos e recentemente vários cristãos foram mortos dentro de uma igreja.

Acontece que lá muitos desses cristãos são coptas, uma denominação que prevalece no Egito, e são simplesmente religiosos como são muitos católicos que vemos no mundo ocidental, e a luta deles no Egito é mais política do que por questões de fé. Estão querendo espaço, como no Brasil fazem os deputados da tal da "bancada evangélica" no Congresso. Os cristãos coptas no Egito chegam a perseguir outros cristãos minoritários ou aqueles que pregam o evangelho da salvação baseada na fé apenas.

Existe uma assembleia de irmãos reunidos ao nome do Senhor no Cairo e muitas crianças coptas frequentavam a escola dominical, até o líder deles descobrir isso e visitar suas famílias para dizer que aquilo era do diabo e que deviam proibir os filhos de frequentar tal coisa. As crianças pararam de ir à escola dominical ouvir o evangelho da graça, porque a igreja copta prega um evangelho de obras.

É sempre bom perguntar a si mesmo: será que os cristãos são sempre perseguidos por causa de sua fé e do nome de Jesus, ou será que alguns são perseguidos por questões políticas? Cristãos que tentam deter o poder neste mundo podem acabar odiados por outras religiões, mas o que estão fazendo também está errado. Não cabe ao cristão se intrometer nas questões de poder deste mundo. O país mais influente do mundo hoje, os EUA, caíram nesse engano e hoje é odiado de muitas nações por acreditar que deve levar o domínio cristão para todos os países. Foi o mesmo erro de Roma no passado. Isso é chamado também de Teologia do Domínio. Veja mais aqui: http://www.respondi.com.br/2005/06/o-que-teologia-do-domnio_21.html

Quando os cristãos foram perseguidos no início da igreja o Senhor sabia bem o que acontecia com eles e dava a eles forças para continuarem firmes na fé. Era uma época quando o diabo agia de forma violenta e feroz, como leão (e continua agindo assim em alguns lugares do mundo). Mas devemos ficar atentos para a forma como Satanás mais age hoje em dia, e não é como leão, mas como anjo de luz, ou seja, no mundo religioso e com sutilezas e aparência de piedade. O estrago que ele consegue fazer no mundo ocidental destruindo almas com mentiras pregadas nas igrejas chamadas "cristãs" é maior do que ele faz matando corpos nos países onde há perseguição.

No início da Igreja Satanás mostrava suas garras como leão:

1Pe_5:8 Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;

2Tm_4:17 Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão.

Apo 2:10 Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.

Hoje Satanás engana usando o mundo religioso para isso:

2Co 11:13-15 Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo.  E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.

2Tm 3:5  Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. 

Mario Persona



Comentários




14/11/2014 às 21:37

"QUEM VIVE DIZENDO ISSO E AQUILO"
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto


Quem vive dizendo "Deus me disse isso... Deus me falou aquilo... Deus me mandou avisar que vai acontecer isso, vai acontecer aquilo em sua vida..." Não imaginam a encrenca em que estão se metendo por usar levianamente o nome de Deus e colocar na boca de Deus coisas que não passam de pensamentos e ideias da própria carne.
(Colossenses 2:18)

"Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá."
Deuteronômio 18:20

E você, ainda está preocupado dando crédito à essas pessoas que ficam dizendo por ai, revelações, milagres, testemunhos, sensações, sonhos, visões, emoções, que a Bíblia não manda falar, Jesus não mandou falar nada.

Você quer saber o que é REVELAÇÃO ...  REVELAÇÃO,  é o que já está REVELADO na Palavra de Deus a Bíblia. Se você acreditar nessas coisas ai, então a Palavra de Deus não está completa na Bíblia. Então temos que depender de novas revelações e o diabo estará sempre por perto para tentar nos enganar. Mas graças a Deus já temos a Bíblia completa, a Palavra de Deus que é nossa bússola e guia bem seguro.

Apegar-se à Bíblia, a Palavra de Deus, é a Salva Guarda para você não ser enganado. Não se esqueça, se você depender e ficar atrás de coisas assim de pessoas que dizem isso e aquilo, o diabo estará sempre por perto, e fará de tudo para tentar enganá-lo, a Palavra de Deus não ensina isso.

Qualquer dúvida quanto ao que vem de Deus, não passa de pura carne (Colossenses 2:18), temos a Palavra de Deus e a obrigação de buscar nela as respostas.

À medida que você avança na leitura da Bíblia, lendo o texto e o contexto sobre o que a Palavra de Deus diz, as figuras vão se tornando cada vez mais claras.

Resumindo aqui :se você ainda insiste em acreditar nessas coisas... Então dá uma lida em (Deuteronômio 18:10-14).

"Revelar" ou adivinhar o futuro de alguém é conhecido como horóscopo, cartomancia, etc. Cristãos que têm suas vidas entregues nas mãos do Senhor, não precisam ter medo do futuro ou procurar saber como será. Jesus disse: 'Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal." (Mateus 6:34).

E você, está atrás do que?



Comentários




14/11/2014 às 21:34

FILIPE E NATANAEL
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto


Evangelho de João 1:45-51.

Em sua alegria de recém convertido, Filipe vai contar as boas novas a Natanael. Os novos convertidos são os mais apaixonados em evangelizar. Mas, repare, que a mensagem de Filipe não está totalmente correta. Ele diz ter encontrado aquele de quem escreveram Moisés e os profetas, Jesus de Nazaré, filho de José (João 1:45).


Jesus não era de Nazaré, mas era de Belém (Mateus 2:1), e não era filho biológico de José, mas tinha sido gerado pelo Espírito Santo (Lucas 1:35).
Mesmo sem saber tudo sobre Jesus, Filipe é usado por Deus para levar as boas novas. Se você acabou de conhecer o Salvador, não se acanhe achando que só pode falar dele depois de conhecer muito bem a Bíblia. Os sacerdotes estudavam todos os dias as Escrituras e se gabavam de conhecê-las, e mesmo assim crucificaram o Messias.


Se você se orgulha de sua bagagem, só porque conhece muito bem a Bíblia e despreza o novo convertido que fala de Jesus de forma capenga e pouco ortodoxa, cuidado, pois o conhecimento ensoberbece. Ajude o novo convertido a entender melhor as Escrituras, como fazem Priscila e Áquila no livro de Atos com o eloquente Apolo, um jovem com muita motivação, porém com pouco conhecimento de Jesus (Atos 18:18-28). Você não precisa se dar ao trabalho de desmotivar o novo convertido, Satanás já faz isso.


O problema de Natanael é justamente saber mais do que Filipe, o que faz ele agir com desprezo e desdém. Natanael sabe que o Messias deve vir de Belém. "Acaso pode vir alguma coisa boa de Nazaré?", ironiza ele, (João 1:46), constrangendo Filipe. Ironia e sarcasmo são atitudes de pessoas que se consideram superiores. Ao usar de seu conhecimento das Escrituras para ridicularizar a mensagem trazida por Filipe, Natanael está, por assim dizer, "cozendo o cabrito no leite da própria mãe". A expressão do Antigo Testamento indicava que aquilo que Deus fez para alimentar os pequeninos nunca deve ser usado para matá-los.


Jesus diz assim: "Deixai vir a mim os pequeninos e não os impeçais, porque dos tais é o reino de Deus."
(Lucas 18:16). Recapitulando aqui: se você se orgulha de sua bagagem porque conhece muito bem a Bíblia, e despreza o novo convertido que fala de Jesus de forma capenga e pouco ortodoxa, cuidado, pois o conhecimento ensoberbece. Ajude o novo convertido a entender melhor as Escrituras.


Filipe faz bem em não discutir. Ele simplesmente convida: "Vem e vê". (João1:46) é por aí mesmo. "Provai e vede que o SENHOR é bom", é o que diz o (Salmo 34:8). Experimente crer em Jesus. Natanael aceita o convite e é levado a Jesus, que revela detalhes de seu caráter e diz tê-lo visto sentado sob a figueira. (João 1:48) O Senhor sabe quem somos e onde estamos, e isso impressiona Natanael, que passa a chamar Jesus de Mestre, Filho de Deus, tu és o Rei de Israel.
(João 1:49).


Mas não se iluda pensando que um encontro pessoal com Jesus é o final da história. É apenas o começo. Jesus pergunta para Natanael: "Você creu só porque eu disse que o vi debaixo da figueira?" (João 1:48). Jesus garante que Natanael verá coisas ainda maiores, como o próprio céu aberto. O céu aberto é a visão reservada a todo aquele que crê em Jesus, e será também a sua expectativa se você crer nele (João 1:50-51). Ao incrédulo, porém, só lhe resta esperar por uma cova aberta e pelo abismo aberto ao sair desta vida.



Comentários




14/11/2014 às 21:28

ANDAR EM ESPÍRITO
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto


Quando você vai para a escola primária, você aprende a somar, subtrair, multiplicar e dividir. Mas não parou nisto! Você foi para o colegial, mas não parou no colegial foi para a faculdade, e lá você aprendeu trogonometria  espacial etc... A vida cristã é a mesma coisa, você não pode lêr uma página da Bíblia hoje e parar nela, tem que passar para a próxima, o que você aprendeu hoje, não é o que você vai aprender amanhã, você tem que passar para a próxima e assim por diante.

Andar, andar, você não pode ficar estacionado; você encontra muitas vezes na Bíblia: andar, andar. Não tenha medo de avançar, mas tenha medo de ficar parado, porque a vida cristã, é criscimento dia após dia. Quando você começou estudar a Palavra de Deus, descobriu verdades e uma hora você tem que tomar uma decisão. Você não pode ficar brincando de lêr a Palavra de Deus por curiosidade, quando você era criança, uma hora você teve que deixar seu brinquedo de lado, para ir para a escola.

A carta aos Gálatas 5:16 diz: "Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne."

Então, você não pode parar no seu brinquedo ou na conta de somar, você tem que avançar, continuar avançando e andando até ficar enxarcado da Palavra de Jesus. Não tenha medo de avançar, mas de parar. Uma vez um amigo meu me disse o seguinte: que era melhor eu não me aprofundar muito sobre o que diz a Palavra de Deus ou seja, não estudar muito a Bíblia sobre o que ela diz. Eu não perguntei  para ele porque, mas a Bíblia ensina você aprender dia após dia.

Em Gênesis 5:22 diz:
"E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos, e gerou filhos e filhas." Andar com Jesus é uma decisão. O Salmos 119:30 diz: "Escolhi o caminho da verdade; propus-me seguir os teus juízos." Viu? O Salmista diz:"seguir o caminho que escolhemos, o caminho da verdade, que é a verdade? A verdade é Jesus.

Agora estudar, estudar, não adianta nada, vocé precisa se comprometer com a Palavra do Senhor, pense um pouco nisto.



Comentários




14/11/2014 às 21:22

DEUS EXISTE?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto
 

Quem assistiu aquele filme Deus não está morto... onde o ator Kevin Sorbo que faz o papel de um "ateu" tenta provar para o ator Shane Harper um jovem "cristão" "que Deus não existe". Vamos lá...


Em 1Timóteo 6:16 diz: "Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém". "A palavra sempiterno. Amém". Sempiterno é aquilo que não teve início e não terá fim, ou seja, sempre existiu.


Gênesis 1:1 diz: "No princípio criou Deus o céu e a terra".
Ele é o Criador.


Efésios 2:4: "Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou,
Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos),
Ele é misericordioso.


Isaías 26:4: "Confiai no SENHOR perpetuamente; porque o SENHOR DEUS é uma rocha eterna".
Ele é Senhor, a rocha grande e eterna.


Atos 2:32: "Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas".
Ele ressuscitou.


Tito 2:13-14: "Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo;
O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras".
Ele é o Grande Deus o Senhor Jesus Cristo.


Marcos 1:15: "E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho".
Jesus é Rei.


Isaías 12:2: "Eis que Deus é a minha salvação; nele confiarei, e não temerei, porque o SENHOR DEUS é a minha força e o meu cântico, e se tornou a minha salvação". Ele é o Salvador Ele é a força o Senhor Jesus.


João 6:35: "E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede.
Jesus é o pão da vida; aquele que vai a Ele não terá fome, e quem crê nEle nunca terá sede.


João 1:1: "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus".
Ele é o Verbo.


João 1:29: "No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo".
João 1:35-36: "No dia seguinte João estava outra vez ali, e dois dos seus discípulos; E, vendo passar a Jesus, disse: Eis aqui o Cordeiro de Deus".
Ele é o Cordeiro de Deus.


João 10:11: "Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas".
Somente o Senhor Jesus é o bom Pastor que dá a sua vida pelas ovelhas.



Comentários




12/11/2014 às 17:21

TODA DENOMINAÇÃO É UMA SEITA?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto

Todas elas são seitas qualquer denominação é uma seita, Deus não é o autor de nenhuma denominação, algumas até falam verdades Bíblicas e tem também muitos crentes nascidos de novo, mas Deus não é o autor de nenhumas delas. Seita e a divisão ou algo que divide, separa etc. Qualquer coisa que divida os cristãos por outro nome que não seja somente o de Jesus, é uma seita.

Hebreus 13:13: "Saiamos, pois, a ele fora do arraial, levando o seu vitupério".

Mateus 18:20: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles".

1 Coríntios 5:4 "Em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, juntos vós e o meu espírito, pelo poder de nosso Senhor Jesus Cristo,"

Efésios 4:4: "Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;"

1 Coríntios 10:17: "Porque nós, sendo muitos, somos um só pão e um só corpo, porque todos participamos do mesmo pão".

1 Coríntios 12:20:"Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo".

1 Coríntios 12:12: "Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também".

1 Timóteo 2:5: "Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem".

Lucas 11:23: "Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha".

Mateus 12:30:"Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha".



Comentários




12/11/2014 às 16:43

O CRISTÃO OU OS CRISTÃOS DEVEM SER SEM IGREJA?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLlA ONLINE

Postado por Luís Augusto


É impossível para qualquer ser humano se tornar membro da igreja por sua própria decisão, e também é impossível que ele se desligue ou seja desligado da igreja. Quando falo igreja aqui não estou me referindo a um edifício construído com tijolos e pedras mas o Corpo de Cristo. "Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; Efésios 4:4.

O cristão "desigrejado" ou sem "igreja" não tem fundamento na Palavra de Deus a Bíblia. O livro de Atos 2:47 diz: "Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar".

O texto de Atos diz que "todos os dias o Senhor acrescentava à igreja aqueles que haviam de salvar". Nesse texto o próprio Jesus acrescentava à Igreja todos os dias "os que iam sendo salvos".

A questão é que a maioria dos cristãos entende "igreja " como um templo, uma organização ou organizações religiosas que existem no mundo. Daí alguns saem por aí dizendo que os cristãos devem ser "desigrejados" ou sem igreja".

O apóstolo Paulo diz em 1 Coríntios 10:16: "Porventura o cálice de bênção, que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos não é porventura a comunhão do corpo de Cristo"?

A carta aos Hebreus 13:13 diz: "Saiamos, pois, a ele fora do arraial, levando o seu vitupério".

Ou seja, "Saiamos, pois, a Ele a [Cristo] fora do arraial, que é sistema humano, ou seja. fora das denominações.

Hebreus 13 é ordenado para que: "Saiamos, pois, a ELE fora do arraial, levando o seu vitupério".

O texto não fala para reformar o arraial, mas de sair a ELE Cristo e ter ELE como o centro e princípio de tudo. Mateus 18:20 diz: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles".

Mateus 18:20 o Senhor também deixa bem claro que é somente ao nome dEle fora do sistema denominacional.

Não é "sair da igreja" essas denominações que existem por aí, não é igreja. Mas então o que é a igreja? a igreja é o Corpo de Cristo de todos os salvos pelo Senhor.

Em Atos 7:48 diz: "Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:"

Mas talvés você queira fazer uma pergunta... onde está o Senhor Jesus para eu sair a ELE? O cristão sincero encontrará a resposta se fizer a pergunta ao próprio Jesus. Onde devemos congregar? Jesus vai responder assim: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em MEU NOME, aí estou eu no meio deles". Mateus 18:20.



Comentários




11/11/2014 às 17:47

http://aordemdedeus.blogspot.com.br/2011/03/denominacionalismo-uma-ordem-de-deus-ou.html

Denominacionalismo - Uma ordem de Deus ou do homem?
A Ordem de Deus - Bruce Anstey
 



Comentários




10/11/2014 às 15:39

O HOMEM NATURAL    

CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto

                              

O discernimento é essencial no processo de tomar decisões sábias. A
Bíblia diz em Tiago 1:5: "Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria,
peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á
dada.”

O discernimento é essencial para o crescimento
espiritual. A Bíblia diz em Hebreus 5:14: "Mas o alimento sólido é para
os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o mal."
O discernimento é para os humildes. A Bíblia diz em Salmos 25:9 “Guia os mansos no que é reto, e lhes ensina o seu caminho.”

As coisas espirituais são discernidas espiritualmente. A Bíblia diz em 1
Coríntios 2:13-14: "As quais também falamos, não com palavras ensinadas
pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito Santo,
comparando coisas espirituais com espirituais. Ora, o homem natural não
aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não
pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente."

Recebemos sabedoria quando pedimos a Deus que seja a nossa fonte de
sabedoria. A Bíblia diz em 1 Reis 3:9: "Dá, pois, a teu servo um coração
entendido para julgar o teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal; porque, quem poderia julgar a este teu tão grande povo?”

Deus oferece-nos sabedoria prática para esta vida. A Bíblia diz em
Salmos 119:97-98: "Oh! quanto amo a tua lei! ela é a minha meditação o
dia todo. O teu mandamento me faz mais sábio do que meus inimigos, pois está sempre comigo".

Confia em Deus, Ele o fará verdadeiramente sábio.

A Bíblia diz em Provérbios 1:7: "O temor do Senhor é o princípio
do conhecimento; mas os insensatos desprezam a sabedoria e a instrução.

Se você leu o texto com atenção... deve ter reparado que e ele diz, "os insensatos desprezam a sabedoria e a instrução.” Não. Eu não estou falando aqui de ateus, incrédulos. Mas de cristãos que "creem no Evangelho que a Bíblia ensina", mas continuam sendo "insensatos e desprezam a sabedoria que vem somente de Deus na Palavra dEle, e "confiam na "sabedoria que vem do homem"... O Salmista diz: "É melhor confiar no Senhor do que confiar no homem."
(Salmos 118:8).

A Bíblia diz em Eclesiastes 8:1: "Quem é como o sábio? e quem sabe a interpretação das coisas? A sabedoria do homem faz brilhar o seu rosto, e com ela a dureza do seu rosto se transforma.”

Tornamo-nos mais sábios à medida que nos tornamos semelhantes a Cristo. A Bíblia diz em Lucas 2:40: "E o menino ia crescendo e fortalecendo-se, ficando cheio de sabedoria;
e a graça de Deus estava sobre ele.”

Podemos pedir a Deus a Sua sabedoria para nos guiar nas nossas decisões. A sabedoria genuína não vem das ideias e filosofias humanas, tradição de homens, costumes, coisas inventadas, etc, a lista é imensa!!!

Colossenses 2:8: "Tendo cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo."

Uma vez eu li uma história em um livro, não me lembro exatamente qual livro era, mas dizia mais ou menos assim... Uma senhora e seu esposo, prometeram muitos brinquedos, roupas, uma linda casa, e uma ótima escola com os melhores
professores ao menino de um orfanato, se ele fosse morar com eles.
Resumindo: disseram, que tudo isso estaria a inteira disposição do garoto.

O garoto perguntou: " Eu não posso ter nada além disso?
" A senhora então lhe perguntou: o que mais você gostaria de ter? O
menino responde: " Quero apenas que me amem!" E o pequeno menino foi adotado com muito amor. O ensinamento e muito bom sim, no nosso dia a dia. Mas o que era realmente a sede deste garoto? Ele estava procurando alguém que o amasse em primeiro lugar. Por mais, que alguém tenha entendimento humano, a pessoa nunca será feliz sem o amor de Deus e sem o amor de uns para com os outros.

Em 2 Coríntios 3:5 diz: "Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus,"

Filipenses 2:13: "Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade".
"Nesta passagem Paulo diz que é Deus quem opera em nós, tanto o querer como como o realizar, segundo a sua boa vontade".

 

 



Comentários




10/11/2014 às 15:31



Comentários




06/11/2014 às 21:51

 

DÍZIMO, OU SEGUNDO PROPÔS NO CORAÇÃO?
CONFIRA AS PASSAGENS NA BÍBLIA ONLINE

Postado por Luís Augusto

O apóstolo Paulo diz no Novo Testamento em 2 Coríntios 9:7 "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria".

Não está escrito: "Cada um contribua com os dez por cento no seu coração". Mas esta escrito: "Cada um contribua segundo propôs no seu coração;". Portanto, esta bem claro, que é aquilo que cada um propôs no seu coração". Não é mais lei e nem obrigação devolver a porcentagem de dez por cento como alguns "falsos pastores" ensinam por ai"...

São Palavras de Paulo dizendo o que Jesus dizia: "Cada um contribua segundo propôs no seu coração;" que não é os dez por cento mais. "Os picaretas que tem por ai assustam as ovelhas menos conhecedoras do que as Escrituras realmente ensinam, dizendo que se elas não devolverem o dízimo virá maldição na vida delas, pegando a passagem de Malaquias 3 que não se encaixa de maneira alguma ao Novo Testamento.

Quem prega que o dízimo e uma lei a ser cumprida ainda hoje, não esta pronto para aceitar o ensinamento, e fica colocando na cabeça das pessoas versículos Bíblicos, dando fundamento a maneira dele, e não o que a Bíblia ensina, é um mercenário e mentiroso.

Se você é um mercenário João 10... vai continuar desobedecendo o que a Palavra de Deus ensina e pagará caro por isso. E se você disser que o dinheiro é para a "igreja". Em Atos 7:48 diz: "Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta":

O evangelho de Mateus 18:20 Jesus disse claramente: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.
Portanto, não existe base Bíblica nenhuma para a abertura de denominações, templos construídos com tijolos e pedras.

E se você ainda insistir que tem que construir denominações... Jesus prova o contrário dizendo em Mateus 23:15: "Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas, porque percorrem terra e mar para converter uma pessoa para sua religião e, quando conseguem, vocês a tornam ela duas vezes mais merecedora do inferno do que vocês".

E antes que você queira argumentar comigo que o dízimo é para a obra de Deus... Jesus disse em João 6:29: "A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou".

 

 



Comentários